• Category Archives: News

Android P: O que há de novo

Conheça as principais novidades do Android P

O Google lançou o primeiro preview para desenvolvedores do Android P , nos dando um vislumbre do futuro do seu sistema operacional móvel. Há muito o que explorar nesta última versão do Android, mas o que você pode esperar – além do suporte de entalhe , é claro?

Como esta é apenas a primeira versão de pré-visualização, não há – atualmente – um grande número de novos recursos. O foco no momento está nas mudanças embasadas, mas ainda há muito para explorar e mais do que suficiente para despertar o interesse por construções futuras.

 “O suporte a recortes funciona perfeitamente para aplicativos, com o sistema gerenciando a altura da barra de status para separar seu conteúdo do recorte. Se você tiver conteúdo essencial e imersivo, também poderá usar  novas APIs  para verificar a forma de recorte e solicitar layout de tela em torno dele. “

Há um novo sistema de notificação que fornece acesso fácil a respostas inteligentes:

Notificações do Android P

As melhorias de segurança significam que os aplicativos inativos não têm acesso à câmera e ao microfone. “Para garantir melhor a privacidade, o Android P restringe o acesso a mic, câmera e todos os  sensores SensorManager de aplicativos que estão ociosos.

Enquanto o UID do seu aplicativo está ocioso, o microfone exibe áudio vazio e os sensores param de gerar relatórios. As câmeras usadas pelo seu aplicativo estão desconectadas e gerará um erro se o aplicativo tentar usá-los.

Na maioria dos casos, essas restrições não devem introduzir novos problemas para aplicativos existentes, mas recomendamos remover essas solicitações dos seus aplicativos. “

Falando da câmera, há uma nova API multi-câmera que permite que o Android P extraia dados de mais de uma câmera por vez. Há melhorias de desempenho através de uma mudança para o ImageDecoder e um tempo de execução de ART aprimorado. 

Também há suporte para o HDR VP9 Profile 2. Com o Android P, o Google está enfatizando um pouco o uso de energia e melhorou os recursos Doze, App Standby e Background Limits para melhorar a duração da bateria.

Outro dos novos recursos encontrados no Android P é o suporte ao protocolo IEEE 802.11mc WiFi – ou WiFi Round-Trip-Time (RTT). Isso permite um rastreamento de localização interna muito melhor, permitindo uma precisão de cerca de 1 ou 2 metros fazendo ping nos pontos de acesso.

O XDA Developers também compilou uma lista de várias outras mudanças:

  • Alterações da interface do usuário na visualização do desenvolvedor do Android P 1
    • Nova interface do usuário para configurações / configurações rápidas
    • Novo estilo de notificação para mensagens
    • Novas animações de expansão de transição / notificação
    • Pixel Launcher atualizado com ícone de pesquisa por voz e doca mais proeminente
    • O economizador de bateria não exibe mais o aviso laranja
    • Sempre na tela mostra informações sobre a bateria e notificações de centros
    • Ovo De Páscoa Novo.
    • Sobre a tela do telefone agora mostra informações adicionais em uma janela pop-up.
  • Alterações de qualidade de vida no Android P Developer Preview 1
    • Editor de captura de tela integrado.
    • Botão de captura de tela no menu de energia
    • Zoom de seleção de texto (como o iOS)
    • O economizador de bateria agora pode ser agendado.
    • Não Perturbe foi simplificado para um único modo
    • Os botões de volume agora controlam o volume de mídia por padrão
    • O brilho adaptativo agora é muito mais útil, pois na verdade altera o nível de brilho da base
    • Hotspot pode ser desligado automaticamente se não houver dispositivos conectados
    • A rotação pode ser bloqueada para o modo paisagem
    • Suporte multi-Bluetooth HFP / A2DP
    • Redes individuais de Wi-Fi agora podem ser definidas como medidas / não medidas
    • DNS privado (DNS-over-TLS)
    • Controles de vibração em configurações de acessibilidade
    • Opção de acessibilidade para desativar todas as animações
    • A ferramenta SysTrace agora está incorporada
    • Notificações publicadas recentemente são exibidas nas configurações de notificação

Detalhes completos podem ser encontrados na postagem do blog do Google sobre o lançamento .

Fonte: Betanews – Acessado em 14/04/2018

Como se da origem a uma Fake News

Fake News – Como elas podem nascer?

 

 

Confiram matéria exibida pelo Programa Fantástico da Tv Globo com ajuda de professores e alunos de uma universidade de Recife, onde eles criam toda a infraestrutura necessária para a criação de uma Fake News ou notícia falsa…

A partir de provedores localizados em diferentes países, notícias falsas, as chamadas fake news, têm impactado os últimos debates públicos mais relevantes, como as eleições nos Estados Unidos e os plebiscitos sobre a saída do Reino Unido da União Europeia e o acordo de paz entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Atualmente, o Marco Civil da Internet permite empresas como o Facebook a adotar políticas para manutenção ou remoção de determinado conteúdo, caso a informação ofenda os termos de uso. Além disso, estabelece que a plataforma remova os dados em caso de decisão judicial neste sentido.

Na Declaração Conjunta sobre Liberdade de Expressão e Notícias Falsas (Fake News), Desinformação e Propaganda, órgãos das Nações Unidas trataram da questão. Apontam que as fake news corroem a credibilidade da imprensa e interferem no direito das pessoas à informação.

Essas informações, contudo, são apenas a face aparente de um fenômeno mais profundo e relacionado à forma como determinados conteúdos circulam e ganham projeção na internet. Por trás do que vemos em múltiplas telas, há empresas de serviços de análise de dados, robôs e outros softwares e aplicativos que podem gerar a ampliação de determinados posicionamentos de forma artificial.

O estudo Robôs, Redes Sociais e Política no Brasil, da Fundação Getulio Vargas, mostra como robôs ou bots (perfis falsos presentes em mídias sociais) são capazes de distribuir, em escala industrial, mensagens pré-programadas, e concluiu que contas automatizadas motivam até 20% de debates em apoio a políticos no Twitter. A pesquisa mostra que partidários de todos os espectros políticos têm usado esse tipo de tecnologia.

 

 

Link Oficial

 

Fotes: EBC, GloboPlay,DailyMotion – Acesso em 31/03/2018 – às 11:40

Confira mais notícias aqui

Fake News: Entenda o que é

fake news

Fake News ou Notícia Falsa

As fake news já existem a muito mais tempo do que se imagina, mas com outros nomes… Quem nunca chegou para um amigo e disse: ” Sabe aquela pessoa assim assim, ou sabe daquele fato que aconteceu na rua…” Sem confirmação do fato ou acontecimento, logo vira fofoca e a conversa se estende para outras esferas…

Qual a origem realmente de fake news?

Notícias falsas ou fake news não são uma exclusividade do século XXI. Através de toda a história há vários episódios em que rumores falsos foram espalhados tendo grandes consequências.Por exemplo:

  • O político e general romano Marco Antonio cometeu suicídio motivado por notícias falsas. Haviam falsamente dito a Marco Antonio que sua mulher, a Cleopatra também havia cometido suicídio.
  • No século VIII a Doação de Constantino foi uma história forjada, em que supostamente Constantino havia transferido sua autoridade sobre Roma e a parte oeste do Império Romano para o Papa.
  • Poucos anos antes da Revolução Francesa, vários panfletos eram espalhados em Paris com notícias, muitas vezes contraditórias entre si, sobre o estado de falência do governo. Eventualmente, com vazamento de informações do governo, informações reais sobre o estado financeiro do pais foram a público.
  • Benjamin Franklin escreveu notícias falsas sobre Índios assassinos que supostamente trabalhavam para o Rei George III, com o intuito de influenciar a opinião pública a favor da Revolução Americana.
  • Em 1835 o jornal The New York Sun publicou notícias falsas usando o nome de um astrônomo real e um colega inventado sobre a descoberta de vida na lua. O propósito das notícias foi aumentar as vendas do jornal. No mês seguinte o jornal admitiu que os artigos eram apenas boatos.

Entre esses e muitos outros exemplos é possível perceber que esse é um recurso que foi amplamente usado na história, muitas vezes com o propósito de beneficiar alguém ou algum movimento social.

Definição

Notícias falsas (sendo também muito comum o uso do termo em inglês fake news) são um tipo de imprensa marrom que consiste na distribuição deliberada de desinformação ou boatos via jornal impresso, televisão, rádio, ou ainda online, como nas mídias sociais.

As notícias falsas são escritas e publicadas com a intenção de enganar, a fim de obter ganhos financeiros ou políticos, muitas vezes com manchetes sensacionalistas, exageradas ou evidentemente falsas para chamar a atenção.

O conteúdo intencionalmente enganoso e falso é diferente da sátira ou paródia. Estas notícias, muitas vezes, empregam manchetes atraentes ou inteiramente fabricadas para aumentar o número de leitores, compartilhamento e taxas de clique na Internet.Neste último caso, é semelhante as manchetes “clickbait”, e se baseia em receitas de publicidade geradas a partir desta atividade, independentemente da veracidade das histórias publicadas.

As notícias falsas também prejudicam a cobertura profissional da imprensa e torna mais difícil para os jornalistas cobrir notícias significativas.

O fácil acesso online ao lucro de anúncios online, o aumento da polarização política e da popularidade das mídias sociais, principalmente a linha do tempo do Facebook, têm implicado na propagação de notícias falsas.

A quantidade de sites de notícias falsas anonimamente hospedados e a falta de editores conhecidos também vem crescendo, porque isso torna difícil processar os autores por calúnia.

A relevância de notícias falsas aumentou em uma realidade política “pós-verdade”. Em resposta, os pesquisadores têm estudado o desenvolvimento de uma “vacina” psicológica para ajudar as pessoas a detectar falsas notícias.

Estudos do MIT

Um novo estudo de três estudiosos do MIT descobriu que as notícias falsas se espalham mais rapidamente na rede social do que as notícias reais – e por uma margem substancial.

“Descobrimos que a falsidade se difunde significativamente mais longe, mais rápido, mais profundamente e mais amplamente do que a verdade, em todas as categorias de informação e, em muitos casos, em uma ordem de magnitude”, diz Sinan Aral, professor do MIT Sloan School of Management. e co-autor de um novo artigo detalhando as descobertas.

“Essas descobertas lançaram nova luz sobre aspectos fundamentais do nosso ecossistema de comunicação on-line”, diz Deb Roy, professor associado de artes e ciências da mídia no MIT Media Lab e diretor do Laboratório de Máquinas Sociais do Media Lab (LSM). co-autor do estudo. Roy acrescenta que os pesquisadores estavam “em algum lugar entre surpresos e atordoados” com as diferentes trajetórias de notícias verdadeiras e falsas no Twitter.

Além disso, os estudiosos descobriram que a disseminação de informações falsas não é essencialmente devida a bots programados para disseminar histórias imprecisas. Em vez disso, as notícias falsas aceleram mais rapidamente em torno do Twitter, devido a pessoas retweetarem notícias imprecisas.

“Quando removemos todos os bots em nosso conjunto de dados, as diferenças entre a disseminação de notícias falsas e verdadeiras se mantinham”, diz Soroush Vosoughi, co-autor do novo artigo e pós-doutorado no LSM cuja pesquisa de PhD ajudou a dar origem para o estudo atual.

O estudo fornece uma variedade de maneiras de quantificar esse fenômeno: por exemplo, notícias falsas têm 70% mais chances de serem retweetadas do que as histórias verdadeiras. Também leva histórias verdadeiras cerca de seis vezes mais longas para atingir 1.500 pessoas do que para histórias falsas para alcançar o mesmo número de pessoas. Quando se trata de “cascatas” do Twitter, ou de cadeias ininterruptas de retweet, as falsidades atingem uma profundidade de cascata de 10 a 20 vezes mais rápido que os fatos. E falsidades são retweetadas por usuários únicos mais amplamente do que declarações verdadeiras a cada profundidade de cascata.

O artigo, “A divulgação de notícias verdadeiras e falsas on-line”, é publicado hoje na revista Science

 

Por que a novidade pode impulsionar a propagação da falsidade

A gênese do estudo envolve os atentados a bomba da Maratona de Boston de 2013 e as baixas subsequentes, que receberam grande atenção no Twitter.

“O Twitter se tornou nossa principal fonte de notícias”, diz Vosoughi. Mas no rescaldo dos trágicos eventos, ele acrescenta: “Eu percebi que… uma boa parte do que eu estava lendo nas redes sociais eram rumores; foram notícias falsas. ”Posteriormente, Vosoughi e Roy – consultor de pós-graduação de Vosoughi na época – decidiram dinamizar o foco de doutorado de Vosoughi para desenvolver um modelo que pudesse prever a veracidade dos rumores no Twitter.

Posteriormente, após consulta com Aral – outro dos orientadores de Vosoughi, que estudou extensivamente as redes sociais – os três pesquisadores decidiram tentar a abordagem usada no novo estudo: identificar objetivamente as notícias como verdadeiras ou falsas e traçar suas trajetórias no Twitter. O Twitter forneceu apoio para a pesquisa e concedeu à equipe do MIT acesso total aos seus arquivos históricos. Roy atuou como cientista-chefe de mídia do Twitter de 2013 a 2017.

Para conduzir o estudo, os pesquisadores rastrearam cerca de 126 mil cascatas de notícias espalhadas pelo Twitter, que foram twittadas cumulativamente em mais de 4,5 milhões de vezes por cerca de 3 milhões de pessoas, dos anos de 2006 a 2017.

Para determinar se as histórias eram verdadeiras ou falsas, a equipe usou as avaliações de seis organizações de verificação de fatos (factcheck.org, hoax-slayer.com, politifact.com, snopes.org, truthorfiction.com e urbanlegends.about.com) e descobriu que seus julgamentos se sobrepunham mais de 95% do tempo.

Das 126 mil cascatas, a política compreendia a maior categoria de notícias, com cerca de 45 mil, seguida por lendas urbanas, negócios, terrorismo, ciência, entretenimento e desastres naturais. A disseminação de histórias falsas foi mais pronunciada para notícias políticas do que para notícias nas outras categorias.

Os resultados finais produzem uma questão básica: por que as falsidades se espalham mais rapidamente do que a verdade, no Twitter? Aral, Roy e Vosoughi sugerem que a resposta pode residir na psicologia humana: gostamos de coisas novas.

“Falsas notícias são mais novas, e as pessoas são mais propensas a compartilhar novas informações”, diz Aral, que é o professor de administração da David Austin. E nas redes sociais, as pessoas podem ganhar atenção sendo as primeiras a compartilhar informações anteriormente desconhecidas (mas possivelmente falsas). Assim, como diz Aral, “as pessoas que compartilham informações novas são vistas como conhecedoras”.

Os estudiosos do MIT examinaram essa “hipótese da novidade” em sua pesquisa, tomando uma subamostra aleatória de usuários do Twitter que propagaram histórias falsas e analisando o conteúdo das reações a essas histórias.

O resultado? “Vimos um perfil emocional diferente para notícias falsas e verdadeiras”, diz Vosoughi. “As pessoas respondem mais às falsas notícias com surpresa e desgosto”, observa ele, enquanto as histórias verdadeiras produzem respostas mais geralmente caracterizadas por tristeza, antecipação e confiança.

Assim, enquanto os pesquisadores “não podem alegar que a novidade provoca retweets” por si mesmos, como afirmam no artigo, a surpresa que as pessoas registram quando vêem notícias falsas se encaixa com a idéia de que a novidade das falsidades pode ser uma parte importante de sua propagação.

E Você pode usar a Agencia Lupa para checar várias fake news publicadas na midia em geral…

Somos a primeira agência de notícias do Brasil a checar, de forma sistemática e contínua, o grau de veracidade das informações que circulam pelo país. Gostamos de pensar que, agindo assim, contribuímos para aprimorar o debate público.

Temos no Brasil também o site Boatos para checagem de diversos assuntos falsos…

 .Fontes: Wikipedia,  MIT – Acessado em 31/03/2018 – às 11:00

Clique aqui e veja uma matéria exibida pelo Fantástico sobre o assunto…

Mozilla Firefox está mais rápido e com ferramentas

A ultima atualização no Mozilla Firefox trouxe velocidade e ferramentas novas

Confiram o que mudou e o que não mudou:

  • Troca de aba mais responsiva
  • Carregamento de página mais rápido com menor uso de memória
  • Suporte às tecnologias web de próxima geração, como WebVR e WebGL para jogos

    A barra de endereço que faz tudo: use-a para pesquisarr, recuperar, salvar e compartilhar páginas enquanto navega.

    Mantenha tudo junto

    A nova biblioteca do Firefox coloca toda as coisas que você encontrou e salvou em um lugar conveniente.

    Mantenha tudo novo em folha

    A nova experiência de Nova Aba lhe dá um acesso rápido aos seus sites mais visitados e recomendações da web.

    Tenha todas as abas sem demora

    Multitarefas com múltiplas abas tornou-se mais fácil. O Firefox agora é um navegador multiprocessos, o que significa que suas abas ficam sempre disponíveis e não levarão uma eternidade para recarregar. Com 86% menos tempo de espera, mude rapidamente de abas até quando você abrir mais.

    Dê um up no gameplay do seu navegador

    Nós lideramos a tecnologia de rodar jogos 3D em velocidades próximas a nativa e agora o Firefox está trazendo uma performance melhor para jogos online. Nosso poderoso navegador reduz lags, melhora tempos de ping e otimiza o gameplay como um todo, graças a uma navegação mais rápida e leve.

  • Suporte adicionado para preenchimento automático do formulário de endereço(somente em-US)

    Preferências atualizadas

    • Ferramenta de pesquisa adicionada para que os usuários possam encontrar uma configuração específica rapidamente
    • Preferências reorganizadas para que os usuários possam verificar mais facilmente as configurações
    • Reescreveu descrições para que os usuários possam entender melhor as opções e como elas afetam a navegação
    • Escolhas de coleta de dados revisadas para que elas se alinhem com o Aviso de privacidade e a estratégia de coleta de dados atualizados
    • Aceleração de hardware adicionada para AES-GCM
    • Atualizado o protocolo Safe Browsing para a versão 4
    • Redução da atualização do tamanho do arquivo de download em aproximadamente 20%
    • Melhor segurança para verificar downloads de atualização
    • Agora incorporada uma ferramenta de captura nativa

    não resolvido

    • Falha na inicialização com adware RelevantKnowledge instalado. O suporte do Firefox oferece instruções úteis para removê-lo .
    • Os usuários que executam o Firefox para Windows em uma Conexão de Área de Trabalho Remota (RDP) podem achar que a reprodução de áudio está desativada devido a restrições de segurança maiores. Saiba como mitigar este problema até que seja corrigido em um próximo lançamento
    • Startup trava com o Firefox de 64 bits no Windows 7, para usuários do software “OneKey Theatre” da Lenovo para laptops IdeaPad. Para corrigir esse acidente, reinstale o Firefox de 32 bits .
    • Devido a um erro no Mac OS X High Sierra, o modo de tela cheia tem alguns problemas

 

Desde a versão 54, os desenvolvedores dão continuidade ao seu projeto de longa data “Electrolysis” que permite “dividir o Firefox em vários processos, permitindo que até quatro processos executem todas as guias”. Isso garante um “equilíbrio certo entre velocidade e o uso de memória, economizando em RAM e melhorando o desempenho”.

A Mozilla ainda avisa que esta atualização nos aproxima da próxima versão, que chegará em novembro e será a maior do ano.

Mozilla Firefox é um navegador livre e multi-plataforma desenvolvido pela Mozilla Foundation (em portuguêsFundação Mozilla) com ajuda de centenas de colaboradores.

A intenção da fundação é desenvolver um navegador leve, seguro, intuitivo e altamente extensível. Baseado no componente de navegação da Mozilla Suite (continuada pela comunidade como SeaMonkey), o Firefox tornou-se o objetivo principal da Mozilla Foundation.

 Anteriormente o navegador e o Mozilla Thunderbird, outro produto da Mozilla Foundation, eram os destaques do grupo. Cerca de 40% do código do programa foi totalmente escrito por voluntários.

Microsoft quer que você teste o Windows 10 S

Microsoft quer que você teste o beta do Windows 10 S

windows-10-s-logo

Image credit: Artem Postoev / Shutterstock

A Microsoft anunciou uma grande shake-up no teste para  Windows 10 S .

A gigante do software anunciou que seu novo sistema operacional já pode ser experimentado por todos os membros do programa Insiders do Windows.

Testers interessados ​​precisam ter executar o Windows 10 Pro ou Enterprise para ser capaz de instalá-lo.

Tenha em mente que este é um beta, então pode ser prudente fazer backup de quaisquer e todos os arquivos antes de prosseguir.

“Ao usar exclusivamente aplicativos da Windows Store irá garantir que você navegará com segurança com o Microsoft Edge irá manter as coisas funcionando de forma rápida e segura”, disse a Microsoft em seu  blog de anúncio .

“O ideal para as pessoas é que tenham tudo o que precisam na Windows Store e e tenham paz de espírito ao saberem que estão utilizando aplicativos seguros e verificados.

Insiders podem experimentar o Windows 10 S em seus PCs e aderir ao Programa Insider Windows via Configurações> Atualização & segurança> Programa Insider Windows para receber a atualização para Windows 10 S como fariam em outras edições do Windows 10.”

Publicado sob licença da ITProPortal.com, uma futura publicação plc. Todos os direitos reservados.

Fonte: Betanews – Acessado em 26/09/2017 – 20:00

Clique aqui saiba como testa-lo

Conheça o Windows 10 S

Conheçam o Windows 10 S

O que o torna leve?

Ele tem muito menos programas de fundo rodando. De acordo com a Microsoft, um notebook com o Windows 10 S carrega um perfil de usuário (incluindo aplicativos e preferências) 15 segundos mais rápido que um notebook idêntico rodando o Windows 10 Pro.

O que é o Windows 10 S?

O Windows 10 S é uma configuração específica do Windows 10 Pro que oferece uma experiência familiar e produtiva do Windows que é simplificada para proporcionar segurança e desempenho. Ao usar exclusivamente aplicativos da Windows Store e garantir que você navegue com segurança com o Microsoft Edge, o Windows 10 S proporciona uso rápido e seguro todos os dias.

Para saber mais, consulte esta página.

Quais as diferenças entre o Windows 10 S, o Windows 10 Home e o Windows 10 Pro?

O Windows 10 S é uma configuração específica do Windows 10 Pro que tem vários dos seus recursos, mas, por motivos de segurança e desempenho, ele executa exclusivamente aplicativos da Windows Store e usa o Microsoft Edge como navegador padrão. Para obter mais detalhes sobre as diferenças, consulte a tabela comparativa de recursos.

Comparação de recursos do Windows 10 S

 

Configuração e recursos*Windows 10 SWindows 10 ProWindows 10 Home
Aplicativos que não são da Windows StoreVV
Ingresso em domínio no localV
Ingresso no domínio do Azure ADVV
Aplicativos da Windows StoreVVV
Navegador padrão definido como Microsoft EdgeVConfigurávelConfigurável
Windows Update para EmpresasVV
Windows Store para EmpresasVV
Gerenciamento de Dispositivo Móvel (MDM)VVLimitado
BitLockerVV
Enterprise State Roaming com o Azure ADVV
Configuração do computador compartilhadoVV

 

 

OutrosWindows 10 SWindows 10 ProWindows 10 Home
Padrão de pesquisa do Microsoft Edge/Internet Explorer: Bing e provedores de pesquisa regionais designados VConfigurávelConfigurável
Alternância para Windows 10 Pro (pela Windows Store)VV
*Esta lista de recursos não é completa, mas foi criada com a intenção de ilustrar as diferenças de configuração

Para quem o Windows 10 S é voltado?

O Windows 10 S foi inspirado por alunos e professores e é a melhor versão do Windows para escolas. Também é uma excelente opção para qualquer cliente do Windows que procura desempenho consistente e segurança avançada. Ao limitar os aplicativos àqueles da Windows Store, o Windows 10 S é ideal para quem tem tudo o que precisa na Windows Store e prefere a tranquilidade de não correr o risco de fazer download de aplicativos de outros locais.

Os clientes Education podem testar o Windows 10 S em um dispositivo Windows 10 existente. Essa oferta é para usuários técnicos e, por isso, consulte as informações de pré-instalação importantes em docs.microsoft.com/education.

Quais aplicativos e hardware funcionam com o Windows 10 S?

O Windows 10 S funciona exclusivamente com aplicativos compatíveis da Windows Store. A maioria dos aplicativos disponíveis na Windows Store funcionará no Windows 10 S da mesma maneira que funcionarão no Windows 10 Pro e Windows 10 Home. Observe que algumas ferramentas de desenvolvedor não terão suporte para uso no Windows 10 S e um pequeno número de aplicativos com problemas de compatibilidade conhecidos terá um aviso sobre os problemas incluído na página de detalhes do produto do aplicativo na Windows Store.

Vários acessórios e periféricos de hardware (por exemplo, impressoras) que funcionam com o Windows 10 hoje funcionarão com o Windows 10 S, mas talvez com funcionalidade limitada. Esta página tem alguns detalhes adicionais sobre os acessórios de hardware da Microsoft, bem como links para terceiros que podem compartilhar informações de compatibilidade para o uso de seus acessórios com o Windows 10 S. Se você não encontrar informações sobre um modelo específico, entre em contato com o fabricante do acessório diretamente.

Comprei um aplicativo em outro computador com Windows 10. Posso usá-lo no meu computador com Windows 10 S?

Os aplicativos comprados na Windows Store são vinculados à sua conta da Microsoft. Na maioria dos casos, se você instalar um aplicativo da Windows Store em outro computador Windows, conseguirá instalá-lo no computador configurado para Windows 10 S, contanto que entre usando a mesma conta da Microsoft.

Posso alterar o navegador da Web padrão no meu computador Windows 10 S?

O Microsoft Edge é o navegador da Web padrão no Windows 10 S, e o Bing é o mecanismo de pesquisa padrão no Microsoft Edge quando os clientes estão na configuração do Windows 10 S. Os clientes estão sempre no controle da experiência do Windows. Na configuração do Windows 10 S, você pode baixar qualquer navegador disponível na Windows Store e navegar para qualquer outro site de mecanismo de pesquisa. Se você deseja baixar um navegador (ou qualquer outro aplicativo) que não esteja na Windows Store, alterne para o Windows 10 Pro e defina os valores padrão de sua preferência para o navegador e o mecanismo de pesquisa.

O que acontece se eu precisar de um aplicativo não compatível com o Windows 10 S?

Se você tentar usar um aplicativo que não está disponível na Windows Store, verá um lembrete informando que aplicativos usados com o Windows 10 S devem ser provenientes da Windows Store.  Em alguns casos, você também pode ver uma sugestão para uma categoria de aplicativos semelhantes ou um aplicativo específico que já está disponível na Windows Store.  Observe que algumas ferramentas de desenvolvedor não terão suporte para uso no Windows 10 S e um pequeno número de aplicativos com problemas de compatibilidade conhecidos terá um aviso sobre os problemas incluído na página de detalhes do produto do aplicativo na Windows Store.  Por fim, se você deseja baixar um aplicativo que não esteja na Windows Store ou que tenha problemas de compatibilidade, poderá alternar a configuração do Windows 10 S para Windows 10 Pro.

Como posso saber se um aplicativo ou dispositivo se tornou compatível?

A diversidade de dispositivos e aplicativos compatíveis continuará aumentando ao longo do tempo. Para obter as informações mais atualizadas, você sempre pode verificar novamente este site, a Windows Store ou com o fabricante do hardware ou software. Se for absolutamente necessário usar um aplicativo ou dispositivo que não é compatível no momento, é fácil mudar para o Windows 10 Pro. Veja a próxima pergunta para obter mais informações.

Como mudo meu computador Windows 10 S para Windows 10 Pro?

Você pode alternar para o Windows 10 Pro facilmente a qualquer momento na Windows Store por um preço acessível; o pagamento é cobrado através da Windows Store.

Para saber mais ou alternar para o Windows 10 Pro, acesse a Windows Store e procure Windows 10 Pro.

Os clientes Education podem alternar dispositivos Windows 10 S para Windows 10 Pro Education gratuitamente usando a Microsoft Store for Education. Para obter mais informações, consulte Mudar do Windows 10 Pro ou do Windows 10 S para o Windows 10 Pro Education.

Qual a recomendação para clientes que usam tecnologia adaptativa e estão interessados no Windows 10 S?

O Windows oferece vários recursos integrados de acessibilidade para ajudar você a fazer mais e há excelentes aplicativos disponíveis atualmente na Windows Store, como o KNFB Reader e a extensão Read&Write do Microsoft Edge.

Alguns clientes usam aplicativos de tecnologia adaptativa que não estão disponíveis por meio da Windows Store nem para download para um dispositivo configurado com o Windows 10 S. Os clientes que usam essas tecnologias acessíveis precisarão alternar o dispositivo para o Windows 10 Pro. Se você usa a tecnologia adaptativa, saiba mais sobre como mudar gratuitamente aqui.

Os professores e os alunos que dependem de aplicativos de tecnologia adaptativa que não estejam disponíveis na Microsoft Store for Education podem mudar do Windows 10 S para o Windows 10 Pro Education gratuitamente. Para obter mais informações, consulte Mudar do Windows 10 Pro ou do Windows 10 S para o Windows 10 Pro Education.

Fonte: Microsoft – Acessado em 27/09/2017 – às 20:00

Imagens gratuitas e sem direito autoral

Confiram abaixo uma lista de 103 sites com imagens gratuitas e sem direito autoral catalogado pelo site Marketing de Conteúdo e utilize de forma correta as imagens sem burlar a lei.

1. Free Images

Esta grande galeria está sempre em constante crescimento e já conta com mais de 350 mil fotografias e imagens ordenadas por categorias. Para baixar uma imagem, você precisa apenas fazer cadastro no site e escolher as imagens que mais lhe agradar. Logo na mensagem de boas vindas você é advertido que pode utilizar as imagens para fins comerciais, recreativos ou artísticos.

2. Free Digital Photos

Essa é uma ótima escolha para quem opta por imagens totalmente livre de direitos autorais, e você poderá encontrar inúmeras classes temáticas para escolher as melhores imagens. A qualidade das fotografias e imagens deste site são notáveis, uma vez que são produzidas por fotógrafos, ilustradores profissionais e designers.

3. Dreamstime

O Dremstime é uma das galerias com maior número de acessos diários. Ele conta com uma grande seleção de imagens gratuitas, onde a maior parte possui licenças para ser usadas, e a outra parte apenas solicita atribuição. Encontre suas imagens através do buscador que possui várias opções avançadas de busca, o que facilitará na hora de escolher.

4. Openphoto

O openphoto é uma das possibilidades interessantes que você encontrará na rede. De modo simples e fácil navegação, ele se apresenta como uma alternativa ao Flickr, oferecendo aos usuários a opção de fazer upload e compartilhar inúmeros tipos de conteúdo, com a única condição de utilizá-las apenas dando a atribuição dos devidos autores.

5. Free Photos Bank

banco de imagens gratis

Quer muitas e muitas categorias para navegar e imagens grátis? Sob cada imagem você encontra os dados do autor e alguns detalhes interessantes sobre a imagem com, o tamanho do quadro, pontuação e quantas vezes o arquivo já foi compartilhado na rede.

6. FreePik

Totalmente prático e de boa estética, o banco já conta com mais de um milhão e meio de imagens e fotografias grátis. Para obter uma imagem, basta clicar nela e pronto. Você conseguirá ver qual é o tipo de licença e o site de procedência.

7. Photopin

O site é mais direcionado a pessoas que se dedicam a tarefas mais criativas. Ele conta com uma grande variedade de arquivos gráficos e que estão disponíveis de maneira gratuita e, em sua maioria, com licença Creative Commons pedindo apenas solicitação de atribuição.

8. 500px

Também em constante crescimento, o 500px conta com várias categorias que estão divididas em licenças e temas, a fim de facilitar o processo de procura de imagens.

9. Viintage

Este é um dos sites mais conhecidos para baixar imagens gratuitas. Assim como seu nome indica, ele é especializado em imagens, cartazes e pôsteres no estilo retrô. Todos os arquivos da galeria são de domínio público. E o melhor, não precisa fazer login. Baixe à vontade.

10. Cepolina

O site conta com um acervo de imagens que vem de todas as partes do mundo. As imagens instantâneas estão todas em ordem por categorias temáticas e poderão ser utilizadas para fins comerciais e privados.

 

kit de marketing nas redes sociais

11. Amgmedia

Quer fazer download de imagens grátis e de maneira bem legal? O autores no momento de utilizar a foto.

12. Free Range Stock

Poder escolher imagens em um dos maiores bancos gratuitos é o sonho de muitos profissionais. Ele solicita apenas um pequeno registro de cada usuário, em um procedimento bem simples. Todas as imagens estão em alta resolução e são de ótima qualidade artística.

13. IM Free

Imagens totalmente gratuitas, em ótima qualidade? Seu lugar é no IM Free. As imagens desse site são, exclusivamente, para fins comerciais.

14. Image Free

Esse site disponibiliza uma grande variedade de imagens grátis. Você poderá explorar cada uma delas nas inúmeras categorias disponíveis. Também possui um ótimo buscador com opções avançadas.

15. Public Domain Pictures

O próprio nome já diz “imagens de domínio público”. Nele você encontra uma infinidade de imagens nessa categoria e o menu principal ainda inclui as mais populares, que já estão filtradas através de categorias.

16. Morguefile

Imagens com excelente qualidade e totalmente grátis você também encontra no Morguefile. O site oferece muitas imagens de vários estilos que você poderá encontrar clicando em “Free Photos” no menu.

17. Pixabay

Belas fotografias de domínio público. Explore categorias e ainda escolha o tamanho do arquivo que mais lhe agradar.
bancos de imagens gratuito

18. RGB Stock

Criado por inúmeros fotógrafos e ilustradores, o banco de imagens começou a partir da premissa de ser um dos maiores e melhores sites populares para conseguir imagens gratuitas.

Confira.

19. Stockvault

Com um buscador bem intuitivo, o Stockvault é bem simples e de fácil acesso. Assim que você clicar em cada imagem, uma painel aparecerá com informações detalhadas do arquivo.

20. Death To The Stock Photo

Muitas fotos atraentes, legais, e o melhor, gratuitas! A cada mês, muitas fotos são adicionadas às galerias e você pode escolher para que elas cheguem diretamente no seu e-mail.

21. BigFoto

Na galeria BigFoto existe uma categoria exclusiva para procurar imagens próprias para utilizar no blog ou nas redes sociais da sua empresa. Não existe nenhu inconveniente, pois são todas de domínio público.

22. Gratisography

Totalmente livre de direitos autorais este banco permite download direto e sem necessidade de login. Novas imagens chegam a cada semana. E tudo no site é responsabilidade do artista Ryan McGuire.

23. Refe

Um ótimo site de imagens gratuitas para quem procura fotos para redes sociais e blogs. E o melhor, se você trabalha com tecnologia, esse é o lugar certo. Só nele você irá tirar proveito de todo o banco de imagens que permite fazer buscas através de pacotes ou palavras-chave.

24. Ancestry Images

Procura imagens históricas e ilustrações? Aqui você encontrar uma enorme variedade de imagens deste tipo. Faça download direto para seus dispositivos.

25. FreeMediaGoo

Uma infinidade de fotos, texturas e ilustrações totalmente gratuitas para você perder horas na frente do computador, sempre que necessário. Todas são de domínio público e não é preciso fazer nenhum tipo de registro para fazer download das fotos.

26. Little Visuals

Aqui você encontrará uma proposta bastante interessante. Ele envia, semanalmente, 7 imagens em altíssima qualidade para o seu e-mail. Para receber as imagens, você só precisa se inscrever para, instantaneamente, começar a receber o pacote semanal. E o melhor, não existe restrição de uso para as imagens. 

27. Hubspot

bancos de imagens gratuito 2

Você pode se perguntar: “Mas a Hubspot não é um banco de imagens?”. Exatamente, você está correto. Apesar disso, ela oferece ao público um único pacote de imagens gratuitas, como se fosse uma promoção. Todas as imagens são de altíssima qualidade e requer um registro na plataforma que ainda disponibiliza vários cursos e serviços para você aprimorar seu negócio.

28. PicJumbo

Esse é mais um aliado essencial em sua lista de bancos de imagens. Cheio de categorias interessantes, o PicJumbo oferece aos usuários milhares de imagens gratuitas, sem nenhum inconveniente.

29. PickUpImage

Mais um aliado na hora de baixar fotografias sem nenhum custo. Este banco oferece inúmeras seções onde estão disponíveis as imagens mais solicitadas pelos usuários, além de permitir buscas por palavra-chave.

30. New Old Stock

Mais um site de domínio público para você. Você encontra um acervo histórico e muitas imagens em alta resolução. Encontre vários temas que vão desde retratos familiares até questões que envolvem tecnologia.

31. Superfamous

Essa plataforma permite que os usuários façam download de fotografias do designer Folkert Gorter. No entanto, é preciso que todos incluam os créditos do autor. O superfamous é uma ótima escolha para quem procura belas imagens.

32. Unplash

A cada 10 dias você recebe várias imagens em alta qualidade. Gostou da ideia? Então procure todas elas no unplash. Basta se inscrever no site e aproveitar.

33. Wikimedia Commons

Imagine só procurar em um acervo que possui mais de 21 milhões de imagens gratuitas? Essa façanha é oferecida pelo wikimedia commons. Cada um dos arquivos se encontra organizado em categorias e muitas fotos são adicionadas semanalmente.

34. Image Temple

Navegue pelos vários filtros e buscadores do banco. As imagens de uso gratuito estão marcadas na caixa “Royalty Free”. Aproveite mais essa dica.

35. DNS Fotografia Digital

De origem totalmente brasileira, o site é escrito em português, porém bastante intuitivo, ajudando usuários de todo o mundo a encontrar as melhores imagens.

36. Wellcome Images

Uma infinidade de imagens e fotografias para uso livre em todas as redes sociais. A proposta deste site é abordar diferentes épocas e níveis culturais, indo desde rituais mágicos até ciência e arte.

37. Light Matter

Criado pelo autor Aron Logan, o Light Matter oferece um buscador de imagens que permite aos usuários fazer download de imagens gratuitas e de vários tipos. Existe uma licença de atribuição 3.0 em cada uma delas.

38. BajStock

O banco também é mais um famoso que disponibiliza várias imagens que podem ser utilizadas pelos usuários, creditando os fotógrafos. Acesse a guia “Terms of use” e conheça as regras.

39. Compfight

bancos de imagens gratuito 3

Ele permite que você encontre imagens da melhor qualidade no Flickr e fazer download direto para seus dispositivos. Existem vários tipos de licença disponíveis. Que tal conferir o compfight?

40. Pinterest

Essa é uma das redes sociais mais populares da internet. O https://www.pinterest.com/ está relacionado ao grande fluxo de imagens e fotografias que possui. Encontre tudo da melhor qualidade e não se esqueça de colocar “public domain” na hora da busca.

41. Totally Free Images

A galeria desse gigante da internet possui mais de 500 mil fotografias e imagens de tirar o fôlego. São vários temas para você escolher no banco gratuito.

42. Google Advanced Image Search

Quando se fala em Google já sabemos o que esperar, certo? Bastante prática e efetiva, você ainda consegue inserir o tipo de licença que deseja.

43. Pics4Learning

Trabalha com educação? Esse site é perfeito para encontrar tudo de todas as matérias! Encontre tudo o que precisa no Pics4learning.

44. Public Domain Photos

Se você procura imagens em vários tamanhos, então esse é seu lugar. Experimente o http://www.public-domain-photos.com/

45. ClassRoom ClipArt

Essa também é uma ótima escolha para quem trabaha com educação. Encontre várias imagens sobre História, Física, Geografia e muito mais neste banco!

46. PicDrome

Creditar o autor também é uma atitude a ser praticada, principalmente quando eles oferecem um trabalho tão bem feito . Basta dar os créditos e deixar o seu blog ainda mais bonito.

48. CC Search

bancos de imagens gratuito 4

Fechamos a nossa lista dos 48 melhores sites para conseguir imagens grátis com esse buscador que possui mais de 13 sites especializados, e que permite aos usuários ativar o filtro “disponível para uso comercial” para encontrar milhares de fotos e ilustrações incríveis.

49. Everystockphoto

O EveryStockPhoto funciona como um sistema de busca de imagens em vários bancos gratuitos. Possui uma grande gama de imagens, auxiliando consideravelmente na busca sobre qualquer assunto.

50. Free Stock Photos Bank 

Formado por uma comunidade de fotógrafos, o Free Stock Photos Bank não necessita de cadastro para ser utilizado. O site é bastante intuitivo e permite encontrar fotos de alta qualidade. Possui também uma sessão de fotos pagas.

51. DesignPacks

Apesar de não possui uma grande diversidade de fotos, o Design Packs permite que o usuário encontre imagens com alta qualidade para utilizar no dia a dia.

52. unprofound.com

O unprofound.com tem como diferencial a busca por cor – facilita para que o usuário encontre fotos com uma coloração predominante. Além disso, possui uma grande gama de imagens de alta qualidade.

53. Photo Rack

Um dos bancos de imagem gratuitos mais completos, o Photo Rack não precisa de cadastro e apresenta um grande acervo de imagens, separadas por cerca de 149 categorias.

54. Freerangestock

Um banco de imagens ágil. Apesar de solicitar o cadastro prévio, possui uma quantidade ilimitada de downloads.

55. Stock Xchng

Possui a necessidade de cadastro, mas sem muita burocracia. Permite que o usuário encontre imagens gratuitas e pagas, além de participar de um fórum de debate.

56. Public Domain Pictures

Ferramenta de busca de imagens gratuita, consiste na reunião de imagens de domínio público. O site é simples de usar e bem completo.

59. 4free Photos

Banco de imagens simples e intuitivo, possui muitas categorias de temas de imagens para facilitar a pesquisa do usuário.

60. Lomography

Assim como o banco de imagens acima, o Lomography possui uma excelente usabilidade, permitindo que o usuário encontre as imagens de interesse com facilidade.

61. All Free Stock

Tendo em mente a necessidade de banco de imagens gratuito, o All Free Stock foi criado para auxiliar profissionais que precisam do uso constante de imagens mas que não possuem budget para pagar pela assinatura de um banco. O site conta com uma grande diversidade de imagens.

62. Abstract Influence

Com foco principal em design, o Abstract Influence possui um banco de imagens não muito diversificado. Porém, suas imagens possuem qualidade alta e atendem às necessidades dos usuários

63. AboutPixel.de

Site intuitivo, o About Pixel possui grande quantidade de imagens gratuitas para download. possui categorias específicas para cada tipo de imagem, além de apresentar as imagens recentemente acrescentadas e as mais baixadas.

64. Pixelio.de

O Pixelio é um site de boa usabilidade, com imagens de alta qualidade e categorias diversas. No entanto, é necessário cadastro.

65. Image Base

Site super intuitivo, já possui categorias bem separadas na home. Disponibiliza para o usuário imagens de qualidade alta e com grande variedade.

66. Studio25

O Studio25 possui categorias bem detalhadas. Ainda não possui uma quantidade muito grande de imagens por categoria, mas todas as imagens disponíveis possuem alta resolução.

67. Photogen

Photogen é um banco de imagens gratuito. Possui a busca por imagens entro de uma categoria específica.

68. Daily Photo

Daily Photo é um banco de imagens que disponibiliza uma nova foto por dia. Todas as fotos são tiradas por Chris, um fotografo que permite que suas fotos sejam usadas por outros profissionais no dia a dia, desde que possua os direitos autorais.

69. Aarin Free Photo

Banco de imagens gratuito, o Aarin Free Photo necessita de cadastro no site. É possível encontrar imagens de diversas categorias no site – as galerias ainda são um pouco limitadas, mas as imagens possuem qualidade alta.

70. Insect Images

Banco de imagens gratuito com foco em imagens de animais – disponibiliza imagens nesse contexto para profissionais que precisam desse material no dia a dia.

71. Creative 103

Com foco em design, o Creative 103 é um banco de imagens com opções voltadas para essa área. Possui referências em design e elementos criativos.

72. Digital Dreamer

Digital Dreamer é um banco de imagens simples, que contempla imagens e texturas. Pode ser utilizado para fins pessoais e profissionais.

73. ARS

Banco de imagens do departamento de agricultura dos EUA, possui imagens gratuitas focadas nessa área.

74. Dirk Wiemer

Banco de imagens com galerias específicas e não muito amplas. No entanto, possui uma grande quantidade de imagens gratuitas para os usuários.

75. Image*After

Banco de imagens gratuito que permite o download e doação de imagens para aumentar a base do site. Possui uma grande quantidade de fotos que podem ser baixadas para uso pessoal ou profissional.

76. Cromavista

Banco de imagens com fotos de passeios e viagens feitas por Ricardo Martín Herrero. O site é simples e intuitivo, mas possui um grande leque de opções.

77. sxc.hu

Simples, o SXC.HU é um banco de imagens gratuito que exige cadastro de seus usuários. É possível encontrar imagens gratuitas e algumas sugestões de imagens pagas para quem não conseguir encontrar o que precisa no site.

No entanto, a sessão gratuita tende a satisfazer as necessidades do usuário.

78. Photl.com

O site exige a realização de cadastro, pois tem restrição com o número de downloads gratuitos – gratuitamente, o usuário pode baixar imagens de até 1920×1280 e 300DPI.

79. The Stocks

Fotos de alta qualidade. Muito recomendado para imagens de paisagens.

80. Startup Stock Photos

Precisa de imagens para sua startup? Aqui é seu lugar!

81. Free Refe Real Life Photos

Imagens gratuitas dignas do tumblr.

82. Crow The Stone

Imagens alternativas e gratuitas.

83. Pexels

Imagens gratuitas para os mais variados gostos.

84. Jay Mantri

Jay Mantri é um fotógrafo que disponibiliza suas lindas imagens gratuitamente na internet.

85. Magdeleine

Uma nova foto em alta resolução por dia.

86. Travel Coffee Book

Lindas imagens gratuitas de viagens e paisagens diversas.

87. Moveeast

Mais um fotógrafo incrível disponibilizando suas fotos gratuitamente online.

88. Barn Images

Imagens alternativas.

90. Unsplash

Lindas imagens de paisagem.

91. The Pattern Library

Precisa de padrões criativos e divertidos? O Pattern Library pode te ajudar.

92. Women of color in tech

Porque ter diversidade nas suas imagens é muito importante!

93. Public Domain Archive

Fotos modernas e vintage de domínio público.

94. Foodiesfeed

Para fotos incríveis de comidas.

95. Picography

Fotos em alta qualidade.

96. Raumrot

Fotos exclusivas.

97. ISO Republic

Para aqueles que buscam imagens criativas.

98. All The Free Stock

Todas as imagens que você precisa em um só lugar.

99. Stock Pic

Imagens diversas gratuitas.

100. Site Builder Report

Fotos variadas e para todos os gostos.

101. I’m Creator Free

Tudo que você precisa para fazer o design do seu site ou blog.

102. Kaboom Pics

Fotos incríveis para seu site!

103. Isorepublic

Fotos em alta qualidade para criativos.
Se você estava procurando os melhores bancos de imagens, acabou de encontrar. Listamos aqui os melhores e que não cobram pelas imagens. Invista seu tempo procurando as melhores e de mais alta qualidade.

Fonte: Marketing de Conteúdo – Acessado em 06/08/2017 – às 20:00

 

Domínios: Conheça mitos e verdades

Abaixo você confere outras informações, mitos e verdades sobre os domínios da internet e seus significados de acordo com o site Hostmídia.

Um pouco sobre as extensões de domínio e seus formatos:

Extensões de Domínio

Conhecidos como Top LevelDomains e, popularmente falando, como domínios de nível superior, o domínio é o endereço pelo qual as pessoas conseguirão te encontrar na internet. Ou seja, o que será digitado lá em cima, na URL.

As extensões .com; .com.br; .gov; .net, facilmente encontradas, são terminações apresentadas após o nome principal da página. São, de maneira geral, um componente do nome do domínio.

Em 2014, foram lançados os novos ngTLD que e servem para dizer ao internauta algo relacionado ao tipo de serviço ou produto que você oferece. Elas vieram para ajudar e auxiliar o internauta a encontrar o que procura. Além disso, elas pluralizam a infinidade de escolhas que estão à disposição de quem está criando a sua casa na internet. Algumas delas são:.store; .ong; .online; .site; .website; .bike .tech; .press e por aí vai.

O que quer dizer a nominação das novas extensões? Para quem são úteis?

  • .store: ela conta para o seu público que a sua página tem a finalidade de vender produtos ou serviços. Muito útil para e-commerces.
  • .fun: esta terminação é indicada para sites que querem entreter seu público-alvo ou fazer algo de maneira diferente. Em termos de posicionamento, ela transmite marca jovial, flexível e vibrante.
  • .press: jornalistas, meios de comunicação e veículos de mídia é a quem mais interessa esta extensão. Ela fala sobre comunicar
  • .online: empresas, perfis pessoais, startups e blogs. Esta é a extensão ideal para quem está inserido em um dos nichos acima. Indicada para todos os tipos de negócios que desejam transmitir um posicionamento universal.

Como é o cenário de inserção das ngTLDs?

O resultado deste novo leque apresenta-se em números: foram 24 milhões de novos domínios registrados. Apenas no mês de Abril, mais 1 milhão de usuários tornaram-se adeptos. (fonte: Radix).

De lá para cá, o que era conhecido por ser uma oportunidade inexplorada, passou a crescer e comprovar sua finalidade: diversidade e posicionamento. Um panorama geral apresentado pela Radix, informa números mais precisos dos registros de novas extensões de acordo com a localização geográfica. Veja:

  • América do Norte: 3.6 mi
  • América do Sul: 1.6 mi
  • Ásia: 19.6 mi
  • África: 87 mil
  • Europa: 2.9 mi

Pode-se dizer, de maneira generalista, que há domínios para quase todos os segmentos do comércio. Porém, por fugirem do modo convencional que estamos acostumados, é comum que existam questionamentos sobre o que é melhor – se é que existe – e se isso interfere no sistema de resultados apontados pelos buscadores.

Justamente por contar um pouco sobre do que se trata a sua página,elas podem auxiliar o usuário na busca pelo conteúdo desejado. Além delas, existem também:

A) As mais genéricas – Generic Top Level Domain

Elas englobam setores de atuação e não especificam – detalhadamente –, mas podem contar para quem está navegando, em qual ramo está inserido aquele site. São universais. Entenda:

  • .com: a mais conhecida – indicada para qualquer tipo de empreendimento e não faz distinção de nicho.
  • .edu: indica que a página faz parte do segmento de educação
  • .org: são indicadas para organizações sem fins lucrativos (ou entidades)

Estes são apenas algumas – das inúmeras possibilidades existentes a serem utilizadas. Cabe a você escolher a que mais se encaixa no seu segmento. Vale ressaltar que são formadas por mais de duas letras, sempre.

B) As que se relacionam à localização geográfica – Country CodeTopLevel Domain

Aqui estão os domínios com mais de duas letras e contam para os internautas um pouco sobre a nacionalidade da sua página. Veja alguns exemplos:

  • .br: para o território brasileiro
  • .us: para páginas estadunidenses
  • .es: para território espanhol
  • .ca: páginas canadenses
  • .it: páginas italianas.

Há uma infinidade de extensões deste tipo, já que cada país pode ter a sua. Mas, diante de tantas possibilidades e tendo em vista que existem extensões mais populares, é comum que existam dúvidas.

Esclarecendo algumas dúvidas: resultados de busca; nomes memorizáveis, inteligência dos buscadores.

Esclarecendo Dúvidas

Há pontos que devem ser considerados independentes da sua escolha. Exemplo disso é optar por um domínio que seja de fácil memorização e, claramente, que esteja disponível.

Isso quer dizer evitar domínios semelhantes aos de outras empresas, já que isso pode confundir o usuário.

Além disso, não fique receoso por escolher opções que estão em ascensão: .fun; .host; .club; .bike; .moda e por aí vai, pensando que seu site não será bem posicionado pelos buscadores. Estes tratam este tipo de extensão como as outras, que são mais usadas: com; .com.br; .org; .gov,etc.

É aconselhável escolher algo que, dificilmente, você queira mudar, porque, uma vez registrado, não é possível reverter erros de digitação, por exemplo. Por aqui, ao recebermos a solicitação de registro, nossa área comercial entra em contato com o cliente para confirmar a autenticidade do pedido e verificar se o domínio pretendido está correto.

 

Outras informações importantes

O nome de domínio foi concebido com o objetivo de facilitar a memorização dos endereços de computadores na Internet. Sem ele, teríamos que memorizar uma sequência grande de números.

Pelas atuais regras, para que o registo de um domínio seja efetivado, são necessários ao menos dois servidores DNS conectados à Internet e já configurados para o domínio que está sendo solicitado.

O registo de domínios em Portugal é feito na Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN).

No Brasil é feito pelo Registro.br, departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, braço executivo do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

Para registar um domínio, é necessário ser uma entidade legalmente representada ou estabelecida no Brasil como pessoa jurídica (Instituições que possuam CNPJ) ou física (CPF) que possua um contato em território nacional.

Uma entidade poderá registrar, sob uma extensão, quantos domínios quiser. Porém, não é permitido registrar o mesmo nome em diferentes DPNs genéricos. A restrição de homonímia não se aplica as extensões com restrições.

Todos as extensões de domínio disponíveis, excetuando-se os restritos, são classificados como genéricos.

Exemplo: Uma entidade poderá registrar quantos domínios quiser sob COM.BR, ou sob IND.BR, mas, se possuir o domínio XXX.COM.BR, não poderá registrá-lo também em IND.BR. Ou seja, se tiver XXX.COM.BR não poderá registrar XXX.IND.BR, por se tratar de domínios genéricos.

Já nada impede que, caso essa entidade preencha os requisitos para registrar sob TV.BR, registre também o XXX.TV.BR, porque TV.BR é um domínio com restrições próprias sendo assim, às quais não se adicionam as restrições de homonímia, logo podendo ser criado.

 

Fonte: Hostmidia – Acessado em 04/09/2017 – às 21:00

WordPress – Conheçam alguns sites que utilizam esta tecnologia de conteúdo

WordPress se tornou uma ferramenta global por sua facilidade de uso

Que o WordPress é um fenômeno mundial todos acredito que saibam, mas o que poucos sabem é que muitos sites e serviços famosos utilizam este gerenciador de conteúdo por suas facilidades de uso, rapidez em se conectar a outros serviços e mídias sociais através de Plugins, e escalabilidade (podendo ser utilizado por grande, pequenos portais e até sites pessoais como o meu).

Confiram a lista abaixo:

TIME.COM

A Time é uma famosa revista semanal americana publicada em Nova York.

time

89FM

O site da Rádio 89FM, a Rádio Rock.

89

CATRACA LIVRE

Portal destinado a divulgação de atrações gratuitas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

catraca

SITE OFICIAL BEYONCÉ

O site oficial da cantora, compositora e atriz Beyoncé.

beyonce

FACEBOOK NEWSROOM

O site de notícias e eventos da redação do Facebook.

Facebook-Newsroom

SONY MUSIC

O site oficial da gravadora Sony Music Entertainment, que representa artistas como Celine Dion, Britney Spears, Justin Timberlake, Paul Simon e Michael Jackson.

Sony-Music---Official-Website

 

PLAYSTATION

O blog oficial do Playstation criado pela Sony.

PlayStation

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

Portal da UFPR – Universidade Federal do Paraná

ufpr

BBC

Site da emissora de rádio e televisão do Reino Unido, voltado ao público americano.

bbc

FORD

Site destinado aos proprietários de veículos da marca Ford onde é possível ler artigos e compartilhar histórias e ideias.

ford

METRO

Versão canadense do site do Jornal Metro.

metro

USP – UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Portal da Universidade de São Paulo – USP.

usp

 

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA

O site oficial da prefeitura da capital do estado da Paraíba.

joao-pessoa

 

Embolacha

O Embolacha é um site brasileiro de crowdfunding (financiamento coletivo, do inglês). Assim como o Kickstarter ou o nacional Catarse, uma pessoa entra com uma ideia e o valor necessário para tirá-la do papel, então, o público pode contribuir com pequenos valores que, somados, podem atingir a meta em um prazo pré-determinado.

Data.gov

O Data.gov é o diretórios de dados abertos do Governo dos Estados Unidos da América. Nele, qualquer pessoa pode buscar dados federais, estaduais e municipais.

O site é resultado do trabalho da Administração de Serviços Gerais dos Estados Unidos, usando WordPress e CKAN, uma ferramenta open source para gerenciamento de dados.

CNN

 

A CNN é uma emissora fechada de TV norte-americana com transmissão de notícias 24 horas. Foi o primeiro canal exclusivo de jornalismo dos Estados Unidos.

Dentro do portal há vários blogs de especialidades e pessoas, estes blogs são criados com a plataforma WordPress, mais especificamente com WordPress Multisite.

Forbes

A Forbes é uma revista americana de negócios e economia. A revista publica artigos sobre finanças, investimentos, indústria e marketing. A Forbes publica também, com menos frequência, artigos relacionados à tecnologia, ciência, comunicações e direito.

A Forbes está presente também na web, com um portal de conteúdo com artigos nas mesmas áreas da revista impressa, junto com opiniões de diversos colunistas, com seus blogs pessoais dentro do portal.

National Geographic

 

National Geographic (ou NatGeo) é um canal de televisão por assinatura que apresenta documentários, séries e programas educacionais voltados à ciência, tecnologia, meio ambiente e história. Na Internet, os blogs do portal da NatGeo trazem conteúdos específicos destas áreas e são criados com WordPress.

 

Mashable

 

Mashable é um grande blog americado focado em conteúdo sobre internet e mídias sociais, com um pé em entretenimento, tecnologia e negócios. Foi classificado entre os 25 maiores blogs do mundo pela revista Time, tem mensalmente cerca de 50 milhões de visualizações de páginas.


Esta é uma vantagem grande do WordPress, por ser tão flexível e permitir criar desde simples blogs de nichos à grandes lojas virtuais com alto tráfego e vendas.

 Marcas famosas que usam WordPress

Vogue

Vogue USA: publicação sobre moda e estilo.

Reuters

Reuters Blog: análises e opiniões de uma das maiores agências de notícia do mundo.

 

Nasa

Nasa: projeto open.NASA, cujo objetivo é tornar abertos dados da agência especial.

Google Ventures

Google Ventures: programa de investimentos do Google em empreendedores.

The New York Times

The New York Times Company: site corporativo de um dos jornais mais importantes do mundo.

 

TechCrunch

TechCrunch: um dos maiores blogs da atualidade sobre tecnologia.

 

Coca Cola

Coca Cola France: site oficial da Coca Cola na França.

Katy Perry

Katy Perry: site da cantora pop americana.

The Rolling Stones

The Rolling Stones: site de uma das mais famosas bandas de rock de todos os tempos.

spotify

Spotfy

Gigante do Streaming Spotify é um serviço de música comercial em streamingpodcasts e vídeo comercial que fornece conteúdo provido de restrição de gestão de direitos digitais[2] de gravadoras e empresas de mídia, incluindo a Universal Music, a Sony Music e a Warner Music, entre outras.

Clique aqui e conheça um pouco mais sobre o WordPress

 

 

WordPress – Conheça um pouco mais

Wordpress

Conheçam o que é WordPress

WordPress é um aplicativo de sistema de gerenciamento de conteúdo para web, escrito em PHP com banco de dados MySQL, voltado principalmente para a criação de sites e blogs via web.

Essa é uma das ferramentas mais famosas na criação de blogs disputando diretamente com o serviço do Google chamado Blogger. No entanto, o WordPress é adotado por aqueles que queiram um site mais profissional e com maiores recursos diferenciais.

As causas do seu rápido crescimento são, entre outras, seu tipo de licença (de código aberto), sua facilidade de uso e suas características como gerenciador de conteúdos. Criado por Ryan Boren e Matthew Mullenweg, é distribuído sob a GNU General Public License sendo gratuito.

Com o WordPress, também é possível desenvolver sites de tipo comércio eletrônico, revistas, jornais, portfólio, gerenciador de projeto, diretório de eventos e outros conteúdos devido a sua capacidade de extensão através de plugins, temas e programação PHP

Modelos

O WordPress possui um sistema de modelos, através de um processador de modelos. O usuário pode re-organizar o layout através de widgets sem precisar editar códigos PHP ou HTML; eles também podem instalar e alternar entre temas WordPress.

Os códigos PHP e HTML dos temas também podem ser editados para adicionar funcionalidades personalizadas.

Alguns dos recursos incluem:

  • Gerar XML, XHTML, e CSS em conformidade com os padrões W3C
  • Gerenciamento integrado de ligações
  • Estrutura de permalink amigável aos mecanismos de busca
  • Suporte extensivo a plug-ins
  • Categorias aninhadas e múltiplas categorias para artigos
  • TrackBack e Pingback
  • Filtros tipográficos para formatação e estilização de texto corretas
  • Páginas estáticas
  • Múltiplos autores
  • Suporte a tags (desde a versão 2.3)
  • Pode gerenciar múltiplos blogs em subpastas ou subdomínios (desde a versão 3.0)
  • Importação e exportação de dados
  • API de desenvolvimento de plugins
  • Níveis, promoção e rebaixamento de usuários
  • Campos personalizados que permitem armazenar dados extras no banco de dados

Há aplicações para Android, iPhone/iPod Touch, iPad, Windows Phone 7 e BlackBerry que oferecem acesso a alguns dos recursos do painel administrativo WordPress tanto para o WordPress.com quanto para alguns blogs WordPress.org.

Vulnerabilidades

Em 2007 e 2008, muitos relatos de segurança foram relacionados ao software. De acordo com Secunia, em Abril de 2009, o WordPress tinha 7 advertências sem correções (de 32 do total), com uma taxa máxima de “Menos Crítico”. Secunia mantém uma lista atualizada de vulnerabilidades do WordPress

Em Janeiro de 2007, muitos blogs de SEO, e também sites menores com AdSense, foram alvo de ataques através de uma vulnerabilidade WordPress. Uma vulnerabilidade de um dos sites do projeto permitia inserir códigos vulneráveis na forma de um back door a alguns dos downloads da versão WordPress 2.1.1. O lançamento da versão 2.1.2 corrigiu isso.

Em Maio de 2007, um estudo revelou que 98% dos blogs WordPress eram vulneráveis porque estavam usando uma versão ultrapassada.

Novo Ataque

Em Junho de 2007, Stefan Esser, o fundador do PHP Security Response Team, criticou os relatórios de segurança, citando problemas com a arquitetura da aplicação que tornavam difíceis a escrita de códigos seguros, além de outros problemas.

Em Junho de 2011 a rede wordpress.org foi alvo de ataques. Várias modificações em plugins populares foram observados, algumas contendo códigos maliciosos; as modificações foram revertidas por serem visivelmente suspeitas.

Por precaução, a senha de acesso à rede wordpress.org de todos os usuários precisou ser redefinida.

Desde então, o WordPress tem melhorado em termos de segurança e as últimas versões tem relatos mínimos de vulnerabilidades.

WordPress.org vs. WordPress.com

 

WordPress.org

É o site comunitário do projeto do aplicativo WordPress, onde é possível fazer o download do aplicativo e contribuir com o projeto. Além de dispor o download, o portal também abriga o diretório de plugins e temas, a documentação chamada de Codex, lista de sites que utilizam o aplicativo WordPress, o Fórum de Suporte e o blog oficial.

WordPress.com

É um serviço de propriedade da Automattic que oferece hospedagem gratuita de blogs com software WordPress. Um usuário cria um endereço do tipo omeublog.wordpress.com, mas que inclui certas limitações como a de poder escolher apenas alguns temas, ou de incluir no rodapé o texto “Hospede seu blog com WordPress.com”, e ainda de restringir a utilização de JavaScript, CSS e FTP.

História

Tela “Adicionar novo Post”, na versão 3.2

b2/cafelog, mais conhecido por b2 ou cafelog, foi o precursor do WordPress. Estima-se que o b2/cafelog tenha sido empregado em aproximadamente 2.000 blogs até Maio de 2003. Escrito em PHP para uso em MySQL, o b2 foi escrito por Michel Valdrighi, que é agora um contribuidor no desenvolvimento do WordPress. Embora o WordPress seja o sucessor oficial, outro projeto b2evolution, também está em desenvolvimento ativo.

O nome WordPress foi sugerido por Christine Selleck, uma amiga de Mullenweg.

Em 2004 os termos de licenciamento para o concorrente Movable Type foi mudado pela Six Apart e muitos de seus usuários mais influentes migraram para o WordPress. Em Outubro de 2009, O sistema Market Share Report chegou a conclusão que o WordPress conseguiu criar uma das marcas mais fortes em sistemas de gerenciamento código aberto.

A versão 3.0, lançada em 17 de junho de 2010, fundiu o WordPress MU ao aplicativo principal sendo assim, o projeto WordPress Mu foi descontinuado. O WordPress MU era um fork do WordPress criado para permitir a existência e gerenciamento de vários blogs simultâneos em apenas uma instalação. Atualmente o WordPress pode se tornar multiusuário mediante a algumas configurações.

Segundo o site W3 techs o WordPress continua sendo a ferramenta de gerenciamento de conteúdo mais popular.

Content Management Systems

Most popular content management systems

© W3Techs.comusagechange since
1 July 2017
market
share
change since
1 July 2017
1.WordPress28.5%+0.2%59.4%+0.2%
2.Joomla3.3%6.8%-0.1%
3.Drupal2.3%4.7%
4.Magento1.2%2.4%-0.1%
5.Blogger1.0%2.0%-0.1%
percentages of sites

Fastest growing content management systems since 1 July 2017

© W3Techs.comsites
1.WordPress426
2.Shopify70
3.Squarespace62
daily number of additional sites
in the top 10 million

 

Clique aqui e confiram uma lista resumida de sites que utilizam WordPress

Geração Omni Channel: Será que você é dessa turma?

Geração Omni Channel: Será que você é dessa turma?

Segundo pesquisas recentes do Google, 80% dos brasileiros usam seus dispositivos para saber mais sobre algum produto ou serviço que querem comprar. O Consumidor Omni Channel como descrevo aqui, está ligado em todos os canais ao mesmo tempo. A campanha de televisão por si só não vende mais o produto. É necessário estar on-line, estar nas ruas, nos jornais, tudo ao mesmo tempo.

A geração integrada são nossos filhos, mas também somos nós. Vemos os tios, as tias, mães e pais, no Whatsapp, no Facebook e assistindo vídeos no Youtube. Todos fomos influenciados pela cultura digital que não apenas nos levou ao universo on-line mas também nos tornou mais interativos. Já vemos em São Paulo por exemplo, alguns mobiliários urbanos, totalmente interativos, afinal interagir, reagir e comentar já faz parte do nosso dia-a-dia.

Geração Conectada

Temos a impressão de que precisamos clicar, precisamos “dizer” curti, amei, uau, haha ou odiei. Meu pai sempre me incentivou a ler livros e tem uma grande biblioteca em casa.

Mas ele ainda não descobriu o mundo maravilhoso do Kindle. Colorir, comentar, marcar e anotar, dentro do livro, como não criaram isso antes?

Quando se aproxima o final do ano, as agendas começam a chegar nas livrarias, e elas são lindas. Algumas em capa dura, outras em spiral, das mais diversas cores e formatos.

Mas a agenda do Google já ganhou espaço no nosso coração, afinal ela nos avisa dos compromissos, não é mesmo? Ela interage com a nossa vida, aprendemos a gostar disso.

Criamos nosso mundo dentro dos celulares, das redes sociais, dos joguinhos, do NetFlix e do Spotfy. Montamos nosso castelo de ideias, abrimos o Evernote, anotamos nossas reuniões, registramos com imagens e salvamos no Dropbox, afinal tudo está a um clique.

Há pouco tempo atrás, o controle remoto era o único cobiçado clique de toda família. Mas agora, ter diversos cliques à nossa disposição é muito mais emocionante.

Por Ana Carolina B. Arbigaus

Fonte: Linkedin – Acessado em 20/07/2017

Suíço é condenado por curtida no Facebook

Suíço é condenado por curtida no Facebook

Aparentemente, aquilo que você fizer nas redes sociais pode vir a ser usado contra você numa corte de Justiça. É o que ocorre na Suíça, onde um homem de 45 anos está sendo processado por curtir determinados posts no Facebook, de acordo com o jornal local The Local.

Em decisão inédita, tribunal de Zurique condena indivíduo por “curtir” comentários difamatórios escritos por terceiros.

O Réu não provou veracidade das afirmações postadas na rede social, diz veredicto. No primeiro caso do tipo na na Suíça, o tribunal distrital de Zurique condenou um homem de 45 anos por “curtir” 00comentários no Facebook que acusavam um ativista de direitos dos animais de ser “racista” e “antissemita”.

Condenação

O juiz do caso considerou difamatórios os comentários na rede social e multou o homem em 4 mil francos suíços (cerca de R$ 13,3 mil). De acordo com uma declaração judicial, o réu acusou o ativista Erwin Kessler e seu grupo de proteção animal Verein gegen Tierfabriken (Associação contra Fábrica de Animais, em tradução livre), de racismo e antissemitismo em postagens no Facebook…. 

Além disso, em seu veredicto, o tribunal levou em consideração a decisão do homem de clicar no botão “curtir” em comentários de terceiros sobre Kessler. Os comentários foram feitos em 2015 durante discussões acaloradas sobre quais.organizações de bem-estar animal deveriam ser autorizadas a participar de um festival de rua vegano, segundo o diário suíço Tages Anzeiger…. – 

O cidadão suíço curtiu um total de oito posts que acusavam Erwin Kessler, o presidente de uma associação de proteção aos animais (VgT), de racismo e antissemitismo. Os posts foram feitos por outras associações do mesmo tipo, que queriam se dissociar da VgT por conta do envolvimento passado de seu presidente com grupos neonazistas e que negavam o holocausto.

Kessler, no entanto, viu as curtidas do homem e decidiu levá-lo aos tribunais, processando-o por difamação. De acordo com o presidente da VgT, as curtidas ajudaram aqueles posts a chegar a mais pessoas. Se for condenado, o homem de 45 anos pode ter que pagar uma multa pesada, além dos custos jurídicos de seus acusadores.

Descurtir

Pode até fazer sentido considerar que alguém que curtiu um post difamatório sobre você ajudou a dar mais alcance àquela difamação. No entanto, o caso em questão é mais complicado, porque Kessler já foi de fato condenando pela Justiça suíça por discriminação racial, segundo o jornal. Além disso, ele está processando também oito outras pessoas por motivos semelhantes ao mesmo tempo.

Curiosamente, essa não é a primeira vez que um caso desse tipo acontece na Suíça. De acordo com o The Next Web, no ano passado um jornalista foi processado no país por retuitar frases ofensivas. A Justiça decidiu que a redistribuição dos tweets não era passível de punição, e que apenas o autor original dos comentários ofensivos poderia ser acusado.

Mesmo assim, esse caso não poderá ser usado como precedente na discussão sobre as acusações de Kessler. Isso porque na lei Suíça há uma distinção feita para casos de racismo, o que significa que esse caso será tratado de maneira diferente.

Mas o homem condenado foi o primeiro a ser sancionado por “curtir” no Facebook comentários feitos por terceiros. Segundo o tribunal, não importa que o texto não tenha sido escrito pelo réu, cujo nome não foi divulgado.

 

Fonte: Uol Tecnologia /  Leandro Reis – Acessado em 06/07/2017

Uso excessivo de celular pode causar problemas de coluna

Uso excessivo de celular pode causar problemas de coluna

Descritas como tech neck, tais complicações são dores cervicais relacionadas ao mau posicionamento da cabeça ao usar o celular.

O número de consultas médicas aumentou cerca de 40% nos últimos anos, principalmente entre pacientes jovens, com queixa de dor cervical. Tipicamente, a incidência dessa queixa aumenta com a idade, mas cada vez mais jovens têm relatado esse desconforto nos consultórios.

A postura correta é fundamental para evitar o problema. A nossa coluna vertebral apresenta curvaturas fisiológicas em cada nível. Temos a lordose cervical, a cifose torácica e a lordose lombar, dando à coluna o aspecto da letra ‘S’. Essa anatomia é muito importante para suportar e distribuir as cargas de forças que são aplicadas à coluna diariamente.

Os músculos do pescoço são designados para suportar o peso da cabeça, que, no ser humano, pesa em média 4,5 a 5,5 quilos. Nem o pescoço nem os ombros estão adaptados para sustentar esse peso durante longos períodos com a cabeça inclinada para frente.

As forças exercidas sobre a coluna cervical são variáveis de acordo com a posição da cabeça. Na posição neutra, ou seja, com zero grau de angulação (como uma pessoa olhando na linha do horizonte), temos uma carga na coluna de cerca de 26 quilos e, à medida que essa angulação aumenta, a força aumenta. Na angulação de cerca de 60 graus – posição em que as pessoas usam o smartphone – a força pode chegar a 132 quilos, alterando a curvatura natural do pescoço.

Levando em conta que uma pessoa usa o smartphone por cerca de duas a quatro horas por dia com a cabeça baixa, a somatória de um ano corresponde de 700 horas a 1.400 horas de excesso de estresse sobre a coluna cervical.

Sintomas

Se você sente constantes dores de cabeça, um couro cabeludo extremamente sensível ou um incômodo atrás de um olho, a culpa pode estar no uso indevido do smartphone.

Esse problema pode se agravar e, em alguns casos, pode levar a uma condição conhecida como nevralgia occipital.

É uma condição neurológica em que os nervos occipitais – que vão do topo da medula espinhal até o couro cabeludo – ficam inflamados ou lesionados. Ela pode ser confundida com dores de cabeça ou enxaqueca.

 

Você tende a ter esse problema quando usa muito tablets, laptops ou smartphones. Você começa a sentir uma tensão na parte da frente do pescoço e uma fraqueza na parte de trás dele.”

A dor pode ser intensa, como se o pescoço estivesse “queimando”, e começa na base da cabeça, se estendendo por toda a parte superior, no couro cabeludo.

Geralmente, as dores começam na parte de trás da cabeça, no nervo occipital, mas às vezes elas ficam localizadas mais na parte da frente, acima dos olhos.

Dores

Você pode sentir a dor em um dos lados da cabeça ou nos dois, e até atrás dos olhos quando movimenta o pescoço. O conselho para curar o problema é mudar de postura na hora de mexer no celular – e evitar o uso excessivo dele.

“Como se alguém tivesse me golpeado na cabeça com um cano de aço quente enviando raios de dores lancinantes no crânio”

Tratamentos

O tratamento inclui correção de postura, massagem e remédios anti-inflamatórios, mas em alguns casos é preciso tomar medidas mais drásticas.

Médicos também podem receitar relaxantes musculares, antidepressivos.

Especialistas dizem que a prevenção é a melhor opção. Diminuir o uso de smartphones ou então posicioná-los mais próximo da altura dos olhos são boas estratégias para evitar o problema.

“Tente não manter a mesma postura por muito tempo”, disse a fisioterapeuta Priya Dasoju.

“Coloque um lembrete no celular ou no computador para se certificar de que você não está na mesma posição por muitos minutos consecutivos.”

Os médicos garantem que as condições causadas por uso excessivo de smartphones são apenas dolorosas, não fatais.

A palavra de um profissional

O ortopedista Luciano Temporal ensina que é necessário ter muita atenção com a postura corporal durante o uso desses aparelhos. “Quando estamos sentados devemos apoiar os cotovelos sobre uma superfície e colocar o telefone à nossa frente sem abaixar a cabeça, deixando a mesma numa posição neutra”, orienta. Entretanto, o especialista adverte que a medida apenas minimiza os problemas. “Nunca deixamos de correr riscos, até porque nossa atenção está voltada muito mais para o celular do que para nossa postura”, alerta.

Uma dica para evitar lesões é sempre fazer alongamentos nas áreas mais sobrecarregadas durante a utilização dos celulares. Outra orientação é evitar longos períodos usando o celular – ou fazer intervalos, se isso for preciso. Em caso de lesões já detectadas, é possível tratá-las através da manipulação muscular (técnica em que os fisioterapeutas utilizam as mãos), alongamentos, RPG (Reeducação Postural Global), ou exercícios para fortalecer e alongar a musculatura corporal.

Conscientizar crianças pode evitar problemas no futuro

Engana-se quem pensa que os riscos estão presentes apenas na vida adulta. Ganhando celulares cada vez mais cedo, as crianças ficam expostas precocemente aos problemas causados pelo uso excessivo dos aparelhos. A auditora da Prefeitura do Recife Margarida Campello, mãe de Letícia, já se preocupa com a postura da filha quando ela está no celular ou tablet. Para evitar complicações, procurou uma clínica de fisioterapia para realizar uma reeducação na postura da menina.

 

Confiram um vídeo publicado sobre o assunto pelo Olhar Digital


 

Fontes: Bem Estar / Saúde do Meio / Olhar Digital / Diário de Pernambuco

Inteligência Artificial pode melhorar a produtividade

Inteligência Artificial pode melhorar a produtividade, mas…

O enigma da produtividade é ampla, complexa, mas esta é, sem dúvida, uma faceta dela. Atividades mundanas sem dúvida são frequentemente cruciais para nosso dia a dia, e precisa ser feito. Mas como seres humanos que precisam de estimulação mental, e as aplicações criativas de nossas habilidades para nos manter engajados. A Inteligência Artificial pode nos ajudar nesta tarefa.

É um desafio, tanto dentro como fora do local de trabalho, que todos nós temos enfrentado em algum momento ao abordar uma tarefa. 

Nós temos as habilidades. Temos a capacidade. Nós sabemos o que precisamos fazer, e ainda uma atividade torna-se uma tarefa árdua, e um fardo demorado.

 

Produtividade no Reino Unido

Declaração do Outono da chanceler revelou alguns fatos marcantes sobre a diferença de produtividade britânica. 

O desafio da produtividade que enfrentamos no trabalho, não é sobre pedir os trabalhadores a trabalhar mais. 

Este não é o mesmo que pedir aos seus trabalhadores a trabalhar melhor. Trata-se de perguntar como podemos melhor aplicar e capitalizar sobre a mente humana no ambiente de trabalho moderno. 

E se baixa produtividade não é apenas um problema de política, mas de tecnologia? Dependente da tecnologia trazer e fazer, impactos significativos e reais nos locais de trabalho?

Este é onde eu acredito que a inteligência artificial pode e deve vir em – não para substituir nós, como trabalhadores, mas para nos complementar e arcar com o ônus de responsabilidades mundanas quando nossas habilidades poderia ser melhor colocadas e usadas.

A divisão do trabalho – Digital e colegas Humanos

A solução que vemos no AI não é remover o trabalho de seres humanos. É para atribuir quais tipos de tarefas funcionários digitais e humanos, devem fazer respeitando as habilidades adequadas a cada um.

AI (Inteligência Artificial) é mais eficaz quando se assume tarefas rotineiras e mundanas, sendo capaz de completar estes com muito maior eficiência e precisão do que os seres humanos podem gerenciar.

Por outro lado, a criatividade é entre as mais difíceis das capacidades humanas para automatizar e, deixando as máquinas trabalharem nos libera para explorar tarefas criativas e mais complexas – assim usaríamos melhor a mente humana e seu conjunto de habilidades.

Insights de TI e Banking

Amelia, agente cognitivo de IPsoft, é um exemplo de tecnologia que pode e mudou a forma como nos aproximamos de trabalho, assumindo as tarefas diárias e fazê-las não só mais rápido, mas melhor. 

Considere a recente implementação da AI em SEB como um Service Desk de TI interno, que dentro das três primeiras semanas de lançamento, realizada mais de 4000 conversas com 700 empregados humanos, resolvendo a maioria dessas consultas de forma independente.

Isso permitiu que a equipe de TI humana de se concentrar nos problemas complexos e intrincados mais urgentes que exigiam a aplicação da mente humana. Os números são semelhantes em outras funções de TI – a força de trabalho virtual tem um papel claro a desempenhar no apoio a um ser humano.

Os seres humanos têm necessidades que vão muito além da nossa capacidade de dominar e repetir as mesmas ações repetidas vezes.

Nossos pontos fortes como os indivíduos se encontram em nossa capacidade de resolução de problemas e aplicar julgamento para uma enorme variedade de cenários. Estes são os traços críticos humanos que AI não pode igualar.

 

Homem x Máquina

Assistentes cognitivas não sofrem de tédio. Eles não ficam cansados, desmotivados ou sem inspiração pelo trabalho na mão. Criticamente, ela não tem qualquer impulso para desviar as políticas e regulamentos que são um requisito fundamental para o papel que ela está cumprindo.

Esta é central para a introdução de AI. AI não deve, e, francamente, não pode, substituir o ser humano. AI substitui muitas tarefas de alto volume e repetitivas, atualmente realizadas pelos seres humanos, e ao fazê-lo liberta investimento para o trabalho humano focado em atividades mais satisfatórias e de alto impacto.

AI é uma chave para a nossa produtividade e nossa economia, e uma peça fundamental do quebra-cabeça. Ele desbloqueia trabalhadores humanos do braçais eo mundano. De bancário para TI e em outros lugares, as aplicações são tão variadas quanto as próprias indústrias, e por sua vez permitem avanços na produtividade em toda a economia.

Cabe a nós agora fazer pleno uso desta tecnologia para desenvolver não apenas alguns pontos percentuais adicionais, mas uma melhor aplicação de habilidades para os funcionários humanos e digitais iguais.

A visão de IPsoft é de uma força de trabalho híbrido – um onde é o homem com a máquina, não o homem vs máquina. Onde a máquina assume atividade que seria desperdiçado com um ser humano, ele pode realmente desencadear a nossa maior força no nosso trabalho e nos ajudar a dar um passo significativo para superar os desafios de produtividade que enfrentam nossa economia.

Frank Lansink, CEO europeu de IPsoft .

Fonte: Betanews

VLT – Conheça como funciona o primeiro VLT Brasileiro

Conheça como funciona o primeiro VLT Brasileiro

Símbolo da mudança na dinâmica social e econômica vivida pela cidade do Rio de Janeiro, o VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos) é um projeto da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro que permite a interligação da região portuária ao centro financeiro da cidade e ao aeroporto Santos Dumont de uma forma mais rápida, segura e sustentável.

O VLT atende aos usuários dos diversos sistemas de transporte públicos já existentes, distribuindo estes passageiros nas diversas regiões que compõem a área central da cidade.

O sistema tem ligação com metrô, ônibus convencionais, terminal de cruzeiros e Aeroporto Santos Dumont. Com todas as linhas em operação, conectará também trens, barcas, BRT Transbrasil e teleférico da Providência.

O primeiro trecho do VLT tem aproximadamente 14 km de trilhos e liga a rodoviária Novo Rio ao aeroporto Santos Dumont. O segundo trecho fará a conexão entre a Central do Brasil e a Praça XV.

Características do sistema

Em operação plena, o VLT Carioca contará com 32 trens, 28 km de trilhos e nove pontos de integração com outros meios.

Condutores e controladores, responsáveis por guiar as composições, já acumulam desde o ano passado mais de 2 mil horas de treinamentos (teóricos, simulador e habilitação em via). Ao todo, serão 130 profissionais habilitados até o fim de 2016.

A principal diferença tecnológica do VLT está na sua forma de captação de energia. Cem por centro elétrico, cada carro VLT tem capacidade para transportar até 420 passageiros a uma velocidade média de 17 quilômetros por hora.

Interessante é que mesmo se houver uma pane geral no fornecimento de energia, super baterias instaladas na parte superior do trem dão conta do recado.

Acessibilidade

As estações e paradas do Veículo Leve sobre Trilhos ficam a cerca de 20 cm de altura, niveladas com as composições, e são dotadas de rampas suaves e antiderrapantes que facilitam o acesso de pessoas com deficiência.

Cada plataforma dispõe de acessos nas extremidades e é dotada em toda sua extensão de linha de piso podotátil, faixas em alto relevo que facilitam a locomoção de pessoas com deficiência visual.

Internamente, todas as composições contam com local específico para cadeirantes. Sinalização, validadores e acionamento de portas estão sempre em alcance adequado.

Viés sustentável

Integrado à operação urbana Porto Maravilha, o VLT Carioca é um modelo sustentável de transporte. Movido à eletricidade, ele preserva a identidade do Rio ao oferecer a opção de Alimentação Pelo Solo (APS), com energia captada por meio de um terceiro trilho instalado entre os trilhos de rolamento do trem, dispensando o uso de fiação aérea (catenárias).

Desenvolvimento econômico, social e cultural

O novo modal disponibiliza à população carioca e aos visitantes uma alternativa de mobilidade urbana inovadora e moderna no Centro e na Região Portuária, áreas com grande vocação turística (cultural e gastronômica), além de criar um sistema que integra o centro financeiro e o corredor cultural aos demais modais.

A região possui centro histórico, museus, teatros, bares, restaurantes, hotéis, prédios comerciais e casas de shows nos bairros da Gamboa, Santo Cristo, Saúde e Centro.

Com a facilidade de acesso, tais estabelecimentos poderão ter seus negócios impulsionados, além do estímulo ao desenvolvimento residencial da localidade.

O entorno do traçado do VLT compreende também o berço de uma das mais expressivas manifestações culturais do Rio: o samba.

Pela primeira vez na história, uma das regiões mais importantes para a cultura popular do país terá um sistema de mobilidade moderno. Isso demonstra vocação do VLT Carioca para fomentar o crescimento de eventos de cultura popular carioca e brasileira no centro do Rio de Janeiro.

 

Confiram também um vídeo publicado pelo Olhar Digital na época

Fonte: VLT Carioca 

Política de Privacidade: Porque é importante publicar

Política de privacidade

A maioria dos negócios não é obrigada pela lei a ter uma política de privacidade

No entanto, se você coleta dados pessoais dos seus usuários, é necessário que você poste uma política de privacidade no site.

 

 

Faça uma lista das informações que vai incluir na sua política

Elas devem trazer o básico sobre como você pode vir a ter os dados pessoais de um usuário e o que fará com eles. Alguns itens comuns que sua política de privacidade pode abordar são:

As situações em que você coleta dados dos usuários. Pode ser que você arrecade dados quando os usuários fazem um pedido, criam uma conta ou acessam determinadas áreas do site. Pense em todas as ocasiões em que pode ser preciso solicitar informações pessoais.

Procure informar como você trata as informações coletadas

Que tipo informação você coleta. Você vai simplesmente pedir o nome e endereço de e-mail dos usuários ou eles precisarão fornecer informações mais reservadas como número de telefone, endereço ou número de um documento de identificação?

Como você usa as informações que arrecada. Muitos sites usam as informações que coletam para aperfeiçoar o desfrute do site pelos usuários ou permitir a compra de produtos. Você deve especificar na sua política exatamente para que vai usar as informações que receber.

Se os usuários podem acessar a informação fornecida para atualizar, corrigir ou apagá-la. Se eles tiverem acesso à informação que derem, você deve descrever como poderão fazê-lo e que mudanças ou atualizações serão realizadas.

Se você divulga as informações e para quem. Se você trabalha com uma transportadora para quem repassa os nomes e endereços dos consumidores ou compartilha os dados dos usuários com outros por qualquer razão, precisa incluir essa informação na sua política de privacidade.

Alterações na Política de Privacidade

Que você pode alterar a política a seu critério. Reservar-se o direito de alterar sua própria política pode ser muito importante. Em 2004, a Comissão Federal do Comércio (“FTC”, em inglês) dos Estados Unidos condenou o Grupo Gateway Learning por prática comercial ilegal depois de sua mudança na política de privacidade sem notificações ou consentimento dos visitantes anteriores do site.

Informação para contato à disposição dos usuários que tiverem dúvidas ou inseguranças em relação à privacidade. Qualquer site de boa reputação vai disponibilizar aos usuários uma maneira de entrar em contato se tiverem perguntas. Você pode incluir informação de contato na sua política de privacidade para os usuários que tiverem dúvidas especificamente em relação à ética de privacidade da sua empresa.

  • Procure saber se você é obrigado pela lei a disponibilizar alguma outra informação específica. 

    Dependendo de quem usa seus sites e de que tipo de negócio tem, pode ser obrigatório que você apresente políticas especiais e determinadas documentações no seu site ou inclua cláusulas específicas na sua política de privacidade. Se os usuários ou a empresa pertencem a algum dos grupos a seguir, leis obrigatórias ou facultativas podem exigir que você faça algumas coisas em relação às práticas e política de privacidade.

    Estatutos e demais Leis

    • Crianças e adolescentes. O Estatuto da Criança e do Adolescente dispõe de uma série de cláusulas de proteção às crianças e adolescentes. Procure saber o que exatamente é permitido em relação a esse público. Você encontra a lei no site do Palácio do Planalto, no link http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8069.htm.
    • Usuários estrangeiros. Os usuários fora do Brasil têm um Guia do Consumidor Estrangeiro que orienta as transações e direitos. Se informe sobre as obrigações específicas. Você encontra o guia no site do Ministério da Justiça[1].
    • Seguradoras de saúde e correlatas. Se sua empresa presta serviços ao público na área da saúde, se atente à legislação brasileira em relação ao sigilo de dados de pacientes. Visite o site da Agência Nacional de Saúde Suplementar para mais informações no link http://www.ans.gov.br/.

    Adquira um modelo de política de privacidade

 

Você é viciado em celular?

Você é viciado em celular?

Criados para otimizar o tempo e diminuir a dependência de um escritório fixo, os smartphones são símbolo de uma era em que “fazer-tudo-ao-mesmo-tempo-agora” é necessário para dar conta das muitas obrigações pessoais e profissionais.

Mas o psicólogo Cristiano Nabuco de Abreu, coordenador do Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso do Hospital das Clínicas de São Paulo, alerta para o fato de que o cérebro precisa de momentos de relaxamento.

“A superestimulação pode gerar um quadro semelhante ao de estresse”, diz ele. Engana-se quem pensa que joguinhos, Twitter e sites de relacionamento configuram descanso. Nada disso relaxa, diz Abreu, que compara o fascínio pelo cigarro das gerações passadas ao vício em celulares atualmente.

Alguns sinais de alerta

G_smartphone.jpg

Os smartphones ainda não são utilizados em massa no Brasil, mas em apenas um ano as vendas cresceram 69,2%, segundo dados da consultoria Gartner. As amigas Maria Eduarda Souza, 20 anos, Jessica Resnick, 19, e Giovanna Nadruz, 20, trocam mensagens entre si durante as aulas na faculdade. Jessica usa seu smartphone como despertador, passa-tempo, computador etc. “É viciante mesmo”, admite.

O estudante Roberto Neto, 20 anos, não acredita que vá ficar dependente de seu BlackBerry como seu amigo Bernardo Zerkowski, da mesma idade, que “surta” sem seu iPhone. “Tenho o aparelho há dois anos e hoje não me adaptaria a um celular normal”, diz Bernardo.

Quem estiver em dúvida sobre quão grave é seu caso, pode baixar o aplicativo I Love BlackBerry, que calcula quantas horas o usuário deste aparelho gasta com ele. E descobrir se pertence à “Geração CrackBerry.”

 

Você é viciado em smartphones? Saiba como identificar

Outras possíveis soluções

Monitore o uso do próprio celular

De acordo com uma pesquisa, estudantes universitários passam de oito a dez horas por dia em seus smartphones. Ficar atento à frequência com que usa o aparelho, como ao contar quantas vezes você o consulta, vai ajudá-lo a ter uma ideia do vício. Caso já esteja ciente das proporções do problema, comece a traçar objetivos e possíveis soluções.

  • Baixe um aplicativo que faça a contagem do tempo que o aparelho é utilizado, como o Checky. Essa é informação pode ser usada para que o usuário determine um objetivo específico de quantas vezes ou horas do dia ele pode abrir o celular.

Crie um plano para o uso do celular

Limite o uso do dispositivo para um certo período do dia ou por um tempo máximo. Coloque um alarme para tocar quando chegar ao tempo limite de uso do celular no dia (das 18 h até as 20 h, por exemplo). Se quiser, evite usar o aparelho em certos momentos, como quando estiver trabalhando ou na escola. 

  • Escreva o plano e objetivos para que eles sejam mais concretos. Mantenha um registro de quais objetivos você completou e dos que ainda está correndo atrás.

Ofereça recompensas a si próprio por passar menos tempo usando o smartphone

Este conceito, chamado de reforço positivo, é utilizado na psicologia para que o paciente aprenda a adotar comportamentos positivos por meio do uso de um sistema de recompensas. Por exemplo: ao cumprir o objetivo de utilizar o celular por um tempo máximo do dia, coma seu prato favorito, compre um presentinho ou faça uma atividade que desejava.

Comece lentamente

Em vez de ser drástico e não usar mais o celular – algo que pode causar muita ansiedade –, reduza devagar a quantidade de tempo que usa o dispositivo. Comece, por exemplo, abrindo o celular apenas uma vez a cada 30 minutos, depois uma vez a cada duas horas e assim por diante.

  • Anote quantas vezes você consulta o celular por hora.
  • Use o aparelho apenas quando for necessário se comunicar com alguém ou em caso de emergências.

Guarde o smartphone

Coloque-o em um local onde você não o verá; ligue o modo silencioso no trabalho, na escola ou em qualquer outro lugar para não ser distraído.

Tire férias do seu celular

Corte totalmente o uso do smartphone por um curto período de tempo, como um fim de semana. 

  • Faça uma viagem ou uma trilha onde não há serviço de telefonia. Isso o forçará a não usar o dispositivo.
  • Avise parentes e amigos que você vai “sumir” por um tempo. Um simples post em uma rede social será o suficiente.

Altere as configurações do telefone

As notificações por “push” alertam o usuário sempre que um novo e-mail chega ou quando há uma nova atualização no perfil do Facebook. Desligue-as para reduzir as vezes que o aparelho toca ou vibra; desta forma, você não se distrairá sempre que algo ocorrer.

  • Faça um plano pré-pago como última alternativa. É como se você tivesse um cartão para fazer ligações de orelhões: para usar uma certa quantidade de minutos, será preciso pagar por ela. Ao chegar no limite do plano, o usuário não pode mais realizar ligações.

Mude a maneira com que pensa em relação ao celular

Mudar os pensamentos sobre o smartphone pode ajudar a alterar emoções e comportamentos. Em outras palavras, pensar no celular de outra maneira pode levá-lo a se sentir melhor, utilizando-o com menos frequência.

  • Ao perceber que está pensando em abrir o smartphone, lembre a si próprio de que isso não é importante e pode ficar para depois.
  • Da próxima vez que sentir a necessidade de utilizá-lo, pare e pense: “Eu realmente preciso enviar uma mensagem para essa pessoa agora? Ou posso fazer isso depois, quando a aula acabar?”

Concentre-se no “aqui e agora”

Sem dúvida alguma, a arte de estar consciente pode ajudá-lo a se concentrar e reduzir o impulso de usar o dispositivo. Tente se concentrar apenas no momento, prestando atenção no que está acontecendo no presente, incluindo os próprios pensamentos e reações.

Participe de outras atividades que façam com que você queira continuar desenvolvendo-as

Usar o celular, por exemplo, reforça o uso positivo do aparelho, que não é o objetivo. Em vez de usar o smartphone para se sentir melhor, faça outras alternativas, como exercícios físicos, um esporte, ou atividades criativas, como escrever ou desenhar.

Mantenha-se ocupado!

Com um plano específico para cada dia e concentrado em suas responsabilidades, você terá menos tempo para gastar usando o dispositivo. Além disso, os momentos livres serão utilizados para se dedicar aos seus objetivos e ser produtivo.

  • Caso não esteja empregado, procure emprego ou faça trabalho voluntário em uma organização local.
  • Encontre um novo hobby, como tricotar, costurar ou aprender a tocar um instrumento.
  • Passe mais tempo se dedicando às coisas que precisam ser feitas, como tarefas domésticas ou passar um dia com toda a família.

Redirecione sua atenção fazendo algo construtivo

Almeje fazer alguma coisa que seja importante em vez de usar o celular da próxima vez que sentir vontade. Concentre-se em seus próprios objetivos do presente. Faça uma lista de tarefas que não envolvem o uso do celular, e sempre que sentir a necessidade de utilizá-lo, pare e procure se dedicar às suas responsabilidades com calma.

Faça tarefas sociais de maneira diferente

Muito do desejo de usar o celular vem da vontade inata e evolucionária dos humanos de serem sociáveis. No entanto, existem outas opções para ser social que podem ser mais benéficas e darem satisfação no longo prazo. 

  • Em vez de mandar uma mensagem, escreva uma carta ou se encontre com um amigo ou colega para tomarem um lanche.
  • Em vez de postar uma foto no Instagram a cada minuto, convide um parente e mostre pessoalmente os retratos. Esse tipo de vínculo pode levar a um aumento na intimidade.

Substitua os hábitos

Pense em cada razão para usar o smartphone – enviar mensagens, e-mails, jogar, fazer e receber chamadas. Alguns destes hábitos podem ser necessários para o trabalho e seu dia a dia (e-mails de trabalho ou contato com um colega, por exemplo), enquanto outros só atrapalham a vida, as interações normais e suas responsabilidades. Tente substituir cada um deles por experiências mais sociais, produtivas e de qualidade.

  • Quando um dos problemas for jogar muito no celular, pense em alternativas, como convidar um amigo a vir em casa para disputarem um jogo de tabuleiro.
  • Ao passar muito tempo olhando perfis ou navegando em redes sociais, encontre-se com um amigo próximo ou parente e pergunte como ele está em vez de simplesmente ler sobre ele na internet.

Obtenha Apoio

Avise a todos sobre seu problema

Obter apoio social é um componente crucial para a manutenção de uma boa saúde mental. Ter uma rede de amigos e parentes que o apoiam aumenta a sensação de segurança e vínculo, componentes importantes ao pensar em limitar o uso de celular, já que ele pode ser, ao menos em parte, baseado em conexões sociais (envio de mensagens, uso de redes sociais). Mesmo que o uso do celular pareça ser positivo, ele pode limitar as pessoas, evitando que elas mantenham relações íntimas.

  • Conte a amigos e família, sem maiores rodeios, que você acha que utiliza o celular em excesso e quer cortar um pouco do uso. Explique que seria bom se eles o apoiassem nesta “empreitada”. Além disso, dê sugestões a eles e envolva-os no plano, pedindo que liguem ou enviem mensagens apenas em certas horas do dia.
  • Peça conselhos. Seus parentes o conhecem bem e poderão auxiliá-lo a desenvolver um plano voltado a reduzir o uso do celular.

Peça para que tenham compreensão em relação ao vício

Amigos e familiares precisam saber que, em alguns casos, você não ligará, enviará mensagem ou responderá a eles imediatamente por estar tentando reduzir a quantidade de tempo passada mexendo no aparelho. Se eles souberem da situação, provavelmente o compreenderão e não ficarão irritados.

 

Planeje encontros pessoalmente

Em vez de conversar mais usando o celular, é importante ter uma relação com as pessoas em um nível pessoal e íntimo, o que pode ser feito apenas pessoalmente. 

  • Faça um plano com amigos e parentes. Todo o tempo limitado que você passar usando o celular deve ser usado para conseguir fazer com que esse evento aconteça; desta forma, sua energia será usada de forma produtiva e por uma boa causa.

Vício do celular é uma doença… Confira neste post

 

Fontes: Isto É / Olhar Digital / WikiHow – Acessado em 29/05/2017

Nomofobia: Você pode ter a doença e não sabe

Nomofobia: Você pode ter a doença e não sabe

Nomofobia é a fobia causada pelo desconforto ou angústia resultante da incapacidade de comunicação através de aparelhos celulares ou computadores[1].

Surge quando alguém se sente impossibilitado de se comunicar ou se vê incontactável estando em algum lugar sem seu aparelho de celular ou qualquer outro telemóvel ou computador com internet. É um termo muito recente, que tem origem nos diminutivos inglês No-Mo, ou No-Mobile, que significa Sem telemóvel. Daí a expressão “Nomofobia” ou fobia de ficar sem um aparelho de comunicação móvel.

O termo surgiu na Inglaterra, onde mais de 50% da população é possuidora de telemóveis e mais de 13 milhões de britânicos, em pesquisa realizada pelo Instituto YouGov para o Departamento de Telefonia dos Correios britânicos.

Quais são os sintomas de um nomofóbico?

Os principais sintomas da abstinência do celular são: angustia, vazio existencial (a vida parece não ter mais sentido), desespero, estresse, irritabilidade, náuseas, taquicardia, sudorese, tensão muscular, panico, dentre outras manifestações.

Dopamina e internet:

Não podemos falar de dependência ou vicio sem compreendermos como isto acontece nos bastidores do nosso querido cérebro. Por este motivo, é imperativo falar da dopamina, a molécula do prazer, pois ela está diretamente relacionada com o nosso circuito de recompensa. A dependência do smartphone é como um vicio qualquer, apresentando, portanto, potencial aditivo e tendo como pressuposto a exclusividade, a tolerância e a abstinência, tendo igualmente a participação da dopamina em seus processos bioquímicos.

Além disso, o uso exagerado do aparelho pode causar inúmeros problemas de saúde física como: problemas de coluna, torcicolo, tendinites, insonia, estresse, ressecamento da retina, perdas auditivas, dentre outros.

Problemas de ordem emocional e psicossocial não ficam de fora, pois nossas crianças e adolescentes constantemente conectadas no mundo virtual, sofrem perda na capacidade de interação interpessoal, pois estes não desgrudam do celular para poder ficar mais tempo nos jogos e nos chats, esquecendo de interagir com pessoas reais e de realizar atividades cotidianas normais. Em alguns paises, o uso excessivo do celular já é um problema de saúde publica.

O grande X da questão

O grande X da questão é que todos os dispositivos que os smartphones e tablets oferecem é o de proporcionar prazer e recompensa.

Através desta logica, se algo nos proporciona prazer (ou dopamina no cérebro) a estratégia ou recurso mais eficaz, é substituir o prazer ocasionado pelo uso do celular,por outros reforçadores que podemos encontrar no nosso ambiente:

Um amor real, atividades esportivas e interativas, a companhia de amigos em uma festa, tentar resgatar hábitos positivos e mantenedores de relacionamentos reais com amigos e principalmente com a família, e assim resgatar o afeto, o carinho, o toque e o “olho no olho”. Em outras palavras, presentificar as nossas vivencias reais.

Fonte: Psiconlinews  – Acessado em 24/05/2017

Aplicativos para turbinar seu WhatsApp

Aplicativos para turbinar seu WhatsApp

WhatsApp é um aplicativo multiplataforma de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones. Além de mensagens de texto, os usuários podem enviar imagens, vídeos e documentos em PDF, além de fazer ligações grátis por meio de uma conexão com a internet.

O software está disponível para Android, BlackBerry OS, iOS, Symbian, Windows Phone e Nokia A empresa com o mesmo nome foi fundada em 2009 por Brian Acton e Jan Koum, ambos veteranos do Yahoo e está sediada na cidade estadunidense de Santa Clara, na Califórnia.

De acordo com o Financial Times, o WhatsApp “tem feito para SMS em celulares o que o Skype fez para chamadas internacionais em telefones fixos”. Em setembro de 2015, o aplicativo alcançou a marca dos 900 milhões de usuários ativos.

Confiram abaixo alguns aplicativos para turbinar seu WhatsApp:

Fontsy: Legal fontes Whatsapp

Fontsy é a maneira mais fácil e divertida de fazer você parecer legal com seus amigos ao usar aplicativos de mensagens como o WhatsApp, Kik, ou Line, ou redes sociais como o Twitter, Instagram ou Facebook.

Basta digitar o que você quer escrever e, em seguida, com apenas uma partes torneira com seus aplicativos favoritos (Whatsapp, Twitter e Facebook Messenger já estão integrados, mais se seguirão em breve).

Scheduler for WhatsApp

Scheduler para WhatsApp é uma ferramenta para automatizar WhatsApp como por suas necessidades.

Se você é alguém que:
– Esquece de desejar a seus melhores amigos parabéns em ocasiões especiais;
– Quer lembrar sua mãe / pai de tomar medicamentos na hora certa;
– Envia boa noite / bom dia todos os dias para os entes queridos;
– Precisa verificar se sua namorada chegou em casa com segurança;
– Tem a esperança de fortalecer as relações, enviando-lhes desejo de Feliz Natal / Ano Novo;
O WhatsApp Scheduler é para você !!

Com WhatsApp Scheduler você pode programar mensagens futuras para qualquer pessoa em qualquer momento desejado.
Você só precisa selecionar o contato, escrever a mensagem e selecionar o dia e a hora em que deseja que a mensagem seja entregue.

Bloquear Whats (WhatsLock)

O WhatsLock é o mais novo aplicativo para proteção de dados do seu Whats Messenger.

Com ele é possível impedir o acesso indevido as suas conversas e contatos garantindo sua privacidade.

Ele possui as seguintes funcionalidades:

★ App Lock: Você pode realizar a proteção de outros aplicativos. Sugerimos que você faça o bloqueio do acesso a apps que possuam dados pessoais como fotos, vídeos e contatos.

★ Tela Fake: Ao abrir o messenger, é exibido uma tela falsa, capaz de bloquear e ocultar nomes e rostos da página inicial do aplicativo. Você pode adicionar conversas falsas para tornar a tela fake mais real para que intrusos não percebam o bloqueio.

Para desbloquear o aplicativo e a visualização seja realizada normalmente é necessário que o usuário informe sua senha ao aplicativo.

A senha pode ser informada de por meio de duas maneiras:

– Desbloqueio por Senha de Números;

– Desbloqueio por Senha de Desenho de Padrão.

Dashdow What App

Com Dashdow O app que você começa uma aplicação que lhe mostra as mensagens recebidas imediatamente What app sob a forma de uma esfera no dispositivo. Também no lockscreen, você pode ler as mensagens agora imediatamente.

Funções:
– As mensagens são exibidas em bolas
– Clique na bola abre o conteúdo da mensagem em uma caixa de diálogo
– Clique no diálogo leva à app que conversa
– Dialog abre automaticamente sobre novas mensagens
– Bola removível em uma lixeira
– Lockscreen apoio

Nota:
Para dispositivos com Android 4.3 ou superior, a notificação deve ser ativado.
Para Android 4.0 ou superior, o ajudante de garçom é usado.

Limpador para WhatsApp

Esta ferramenta permite-lhe encontrar e apagar arquivos enviados e recebidos via WhatsApp, a fim de economizar espaço em seu dispositivo.

Há também um sistema de navegação de arquivos duplicados, onde você pode encontrar cópias exatas dos arquivos e excluí-los.

A interface do WhatsApp Cleaner é simples, mas ainda assim eficaz: na aba principal você verá uma listagem de todas as categorias de arquivos que você pode eliminar. Você apenas tem de tocar em uma das categorias para ver seus conteúdos completos. Claro, você também verá o tamanho da categoria no lado esquerdo da tela, para que você saiba de uma só olhada se há imensas coisas para eliminar ou não.

 

Camu promete fotos incríveis e com filtros ainda mais

Camu promete fotos incríveis e com filtros ainda mais

O Camu oferece, em uma interface limpa e simples, mais poder do que qualquer outro aplicativo de câmera. Tire fotos perfeitas, faça colagens, adicione textos lindos e compartilhe instantaneamente com seus amigos!

Camu é um aplicativo de câmera para o iOS e Android que traz vários recursos similares aos do Snapchat — troca de filtro deslizando o dedo na tela, textos, envio privativo das imagens etc.

Tire sempre fotos perfeitas e envie-as imediatamente aos seus amigos. Com filtros únicos, a Camu fá-lo parecer espantoso!

A Camu oferece mais potência do que qualquer outra app de câmara numa interface simples e fácil. Tire fotos perfeitas, faça colagens, adicione texto bonito e partilhe imediatamente com os seus amigos!

ESCOLHA FILTROS INCRÍVEIS COM UM PASSAR DE MÃOS
Basta passar a mão para mudar os filtros incríveis! Aplique um filtro antes de tirar uma foto ou filmar, como preferir. Ajuste a intensidade do filtro deslizando para cima ou para baixo.

COLAGEM EM TEMPO REAL
Faça colagens de foto em tempo real e divirta-se com fotos separadas únicas!

MELHORES SELFIES COM MODO AUTOMÁTICO
O modo automático do Camu dispara ao detectar que não há nenhum movimento. Portanto, quando estiver pronto, basta ficar parado e o Camu tira automaticamente a foto.

Toque e segure para gravar vídeos, use o superfoco para conseguir uma imagem mais nítida e tire autorretratos sem precisar clicar em nenhum botão: ele detecta quando a câmera está pronta e bate a fotografia sozinho!

SUPER FOCO INCRÍVEL
Use o super foco e obtenha o melhor efeito de profundidade de campo para suas imagens.

EXPRESSE-SE MAIS COM TEXTO
Adicione texto à sua foto com lindos estilos. Ajuste tamanho e posição do texto com os dedos.

Optimize Press: Você conhece esta ferramenta?

O OptimizePress é uma ferramenta que possibilita qualquer pessoa criar facilmente páginas sem a necessidade de conhecimento técnico. Ele vem com o LiveEditor, onde você constrói suas páginas usando recursos de arraste-e-solte, e incluindo blocos de conteúdos dos mais diversos (textos, vídeos, imagens, etc).

Ele foi criado para que pessoas sem conhecimento técnico criem de maneira prática é rápida landing pages, páginas de vendas elaboradas, páginas de produtos e serviços, área de membros e blogs.

O OptimizePress está entre os plugins e temas mais populares para criação de páginas e landing pages de maneira fácil e rápida, sendo uma das ferramentas mais usadas no empreendedorismo digital hoje em dia.

Ele é especialmente usado para criação de área de membros para cursos online e criação de funis de lançamento, como landing pages e mini-cursos, com integração ao Mailchimp e diversos outros tipos de sistemas de email marketing do mercado.

Se você tem a intenção de ter uma área de cursos online e deseja oferecer esse tipo de produto digital para seus usuários, o OptimizePress é a melhor alternativa atualmente para engajar e publicar seus materiais.

Plugin ou Tema?

O OptimizePress traz duas opções de uso: você pode usá-lo como tema ou como plugin.

Ambos são disponibilizados para download na sua área de membros do OptimizePress.com e podem ser usados de maneiras diferentes.

O tema: recomendo somente no caso de você montar uma área de cursos sem atrelar seu site principal a essa área. É mais usado quando você não quer ter que comprar um tema separado para o site e o blog e a área de membros.

O plugin: recomendo no caso de você incluir seus cursos e área de membros diretamente no seu site principal, é voltado a criação de landing pages, squeeze pages e páginas de membros. Indicado para quem trabalha com lançamentos na internet, funis de vendas e áreas de cursos.

Requisitos para usar o OptimizePress

O OptimizePress é um tema/plugin e portanto não oferece hospedagem própria. Para usar o produto, você deve instalar ele em um site que utilize WordPress. Os requisitos básicos para usar o OP são:

  • Ter uma hospedagem já contratada;
  • Ter o WordPress instalado;
  • Ter o OptimizePress adquirido (no formato plugin ou tema).

Preparado para mobile

Todos os modelos, assim como, qualquer página criada são automaticamente responsivos e compatíveis com dispositivos móveis. Isso significa que as páginas e o conteúdo são reposicionados e mudam de acordo com o tamanho da tela.

VANTAGENS EM USAR O OPTIMIZEPRESS

Templates prontos

O OptimizePress vem com um pacote de páginas pré-configuradas de modelo para quem tem dificuldades em montar suas páginas, todos customizáveis. Alguns templates adicionados ao pacote são:

– Páginas de Marketing Direto – página de vendas, demonstrativo de produtos e serviços, etc.
– Funil de Páginas
– Páginas de Afiliados
– Página de Membros
– Landing Pages – páginas de lançamento
– Páginas de Agradecimento e confirmação
– Páginas de Download
– Squeeze Pages, entre outras páginas

optimizepress marketplace
optimizepress marketplace

Se você tiver interesse em conhecer mais páginas modelo, você pode visitar o OP MarketPlace.

LiveEditor

O LiveEditor é o editor de conteúdos do OptimizePress, e que permite você construir e customizar as suas páginas. Seus recursos incluem:

  • Escolher o número de colunas da página, criando assim layouts simples ou complexos;
  • Adicionar linhas com diferentes cores ou imagens de background.
  • Adicionar mais de 50 elementos das páginas inclusos na Biblioteca de Elementos;
  • Recurso de Arrastar e soltar elementos, linhas e colunas;
  • Auto-ajuste dos itens da Biblioteca ao serem adicionados às colunas;
  • Posssibilidade de uso de códigos customizados dentro das páginas
  • Personalização de fontes, tamanho e cores do textos: você pode usar fontes do Google Fonts diretamente no seu editor;
  • Copiar e colar ou clonar elementos dentro da página;
  • Possibilidade de salvar suas páginas para uso posterior como template;
  • Exportar seus próprios templates para qualquer site em OptimizePress.
layouts do optimizepress
layouts do optimizepress

Biblioteca de Elementos

Qualquer bloco (imagem, texto, vídeo, formulário, carrossel, galeria de imagens, etc) que você adiciona na sua página é chamada de Elemento no OptimizePress. A Biblioteca de Elementos do OptimizePress é uma coleção de diversos elementos que contém todos os recursos necessários para você criar páginas mais completas em seu site.

optimizepress live editor
optimizepress live editor

 

CRIANDO O SEU SITE COM O OPTIMIZEPRESS 2

Se você está procurando iniciar ou manter um site ou blog para gerar e publicar seu conteúdo, o OptimizePress pode ser uma ferramenta ‘exagerada’. Mas se você pretende ter uma área restrita de membros, lançar infoprodutos e cursos, o OptimizePress é a ferramenta certa.

Sabemos que um blog é uma das formas de atrair e engajar sua audiência. Uma das grandes vantagens do OptimizePress é a possibilidade de integrar formulários  de captura de emails de maneira fácil com qualquer ferramenta de email marketing.

Área de Membros

Uma das maiores funcionalidades do OptimizePress é a possibilidade da criação de um ambiente para cursos digitais. Se o maior desafio hoje para os empreendedores digitais que vendem cursos online é entregar o seu conteúdo de forma a garantir seus direitos autorais e com controle das publicações, o OptimizePress é a ferramenta certa. O OP organiza, apresenta e entrega o seu conteúdo para seus usuários dentro de sua Área de Membros.

Alguns dos recursos oferecidos pela plataforma de membros:

  • Não tem restrição quanto ao número de portais e membros criados;
  • Faz parte do OptimizePress e não requer compra adicional;
  • Libera os cursos dependendo do número de dias desde a assinatura. Por exemplo, o usuário assinou seu site no dia 10 e seu conteúdo só pode ser acessado depois de 7 dias.
  • Estrutura seu conteúdo em módulos, categorias e lições;
  • Tem integração com a maioria dos meios de pagamento online, onde após a compra o usuário recebe automaticamente um login e senha para acessar os cursos;
  • Totalmente customizável, permitindo deixar as páginas do seu curso com a aparência que você quiser, diferenciando-se do tema principal do seu site;
  • Níveis de proteção e pacotes que isolam as áreas específicas da sua plataforma de cursos, separando os usuários por nível de acesso ou privilégio.

Mas existem plataformas especiais para meus cursos, porque eu deveria investir no OptimizePress?

Se você não tem problema com seu orçamento, uma área de membros mais personalizada ou não tem tempo para aprender como construir uma usando o OP, manter seus cursos em plataformas específicas para isso é vantajoso. Mas te alerto que algumas ‘entrelinhas’ de contrato de algumas plataformas podem ser nocivas para você, como parte do copyright pertencer a plataforma, ou dar direito de divulgação sem a sua permissão dos seus cursos como processo de venda das plataformas. No seu site isso não ocorre, pois tudo é seu.

Agora, se você quer garantir a qualidade do seu material, se importa em entregar uma área de membros personalizada, ou até mesmo acha que as plataformas existentes hoje em dia são caras demais, o OptimizePress com área de membros é sua melhor alternativa.

Integrações

O OptimizePress se integra perfeitamente com:

Email Marketing
MailChimp, Aweber, e-Goi, KlickMail, iContact, GetResponse, OfficeAutopilot, Infusionsoft, 1ShoppingCart, entre outros.

Área de Membros:
iMember360, WishlistMember, DigitalAccessPass, MemberMouse, FastMember, MemberS2, entre outros.

Analytics e Teste A/B
Google Analytics, Visual Website Optimizer, Optimizely, Kissmetrics, entre outros.

Sistemas de Pagamentos
PayPal, Authorize.net, Infusionsoft, Hotmart, PagSeguro, Stripe.O que o OptimizePress não faz ou traz

O que o OptimizePress não faz

Nem tudo é um mar de rosas nessa internet e nem tudo o OptimizePress pode fazer por você. O OP:

  • Não é um sistema de lojas virtuais. Para isso recomendamos integrar o OP com o WooCommerce;
  • Não é uma ferramenta de email marketing. Ele só te propicia a criação de páginas para captura com maior eficiência na conversão.
  • Não é um sistema de pagamento. Para isso você deve ter meios de pagamento integrados (como Paypal ou PagSeguro);
  • Não é uma plataforma de relatórios, por isso não apresenta resultados de split test, teste A/B, analytics ou outras análises. Para isso você deve ter integrado o seu site com ferramentas próprias de análises.

QUANTO CUSTA O OPTIMIZEPRESS?

Atualmente o OptimizePress oferece 3 pacotes de preços que diferem-se apenas pelo número de domínios que podem ser instalados.

optimizepress packages
Pacotes de valores do OptimizePress

Core Package $97: Te dá 3 licenças para instalar em 3 domínios diferentes de sua propriedade;

Publisher Package $197: Te dá 10 licenças para instalar em até 10 domínios diferentes de sua propriedade;

Pro Package $297: Te dá 30 licenças para instalar em até 30 domínios diferentes de sua propriedade;

Não existe a venda de somente uma licença, a não ser que você seja desenvolvedor aprovado pelo OptimizePress e tenha adquirido a licença Pro, conforme eles determinam em seus contratos. Por exemplo, caso você tenha comprado o pacote Core e deseja licença para um quarto ou quinto domínio, deverá comprar outro pacote Core.

 

Fonte: Coffepress – Acessado em 18/05/2017

Confira uma lista aqui no queirozx.com.br para turbinar o css do seu optimizepress

close
Fonte +-
Contrast