A notícia não é nova mas o Computador Quântico já está por ai

A promessa do computador quântico é que determinadas tarefas computacionais possam ser executadas exponencialmente mais rapidamente em um processador quântico do que em um processador clássico

Um desafio fundamental é construir um processador de alta fidelidade capaz de executar algoritmos quânticos em um espaço computacional exponencialmente grande. 

Aqui, relatamos o uso de um processador com qubits supercondutores programáveis para criar estados quânticos em 53 qubits, correspondendo a um espaço de estados computacional da dimensão 2 53 (cerca de 10 16) Medições de experimentos repetidos amostram a distribuição de probabilidade resultante, que verificamos usando simulações clássicas. 

Nosso processador Sycamore leva cerca de 200 segundos para amostrar uma instância de um circuito quântico um milhão de vezes – nossos benchmarks atualmente indicam que a tarefa equivalente a um supercomputador clássico de última geração levaria aproximadamente 10.000 anos. 

Esse aumento dramático na velocidade, comparado a todos os algoritmos clássicos conhecidos, é uma realização experimental da supremacia quântica para esta tarefa computacional específica, anunciando um paradigma computacional muito esperado.

Computador Quântico do Google

“Nossa máquina executou o cálculo do objetivo em 200 segundos e, a partir de medições em nosso experimento, determinamos que o supercomputador mais rápido do mundo levaria 10.000 anos para produzir uma saída semelhante”, disseram os pesquisadores do Google em um post no blog sobre o trabalho.

Momento Sputnik do Google

O Google conseguiu fazer o teste de velocidade, mas Hartmut Neven, um dos pesquisadores, descartou críticas de que o resultado é apenas uma vitória estreita.

“O Sputnik também não fez muito. Circulou a Terra. No entanto, foi o início da era espacial”, disse Neven em entrevista coletiva. Ele falou no laboratório de computação quântica do Google, perto de Santa Barbara, Califórnia, próximo ao local de um marco real da corrida espacial – o desenvolvimento do veículo lunar das missões Apollo .

Mas não é o começo do fim para computadores clássicos, pelo menos na visão dos especialistas em computação quântica de hoje. Os computadores quânticos são exigentes, exóticos e precisam ser executados em um ambiente extremamente controlado, e provavelmente não substituirão a maior parte do que fazemos hoje em computadores clássicos.

Uma vasta indústria é dedicada à melhoria de computadores clássicos, mas um pequeno número de laboratórios caros em empresas como Google, Intel, Microsoft, Honeywell, Rigetti Computing e IBM também estão buscando computadores quânticos de uso geral. 

São dispositivos complicados, funcionando em um ambiente resfriado a apenas um fio de cabelo acima do zero absoluto para minimizar a probabilidade de serem perturbados. Não espere encontrar um computador quântico em sua mesa.

Fontes: Nature e CNET – Acessado em 05/12/2019

The following two tabs change content below.
Alexandre Queiroz é Carioca legítimo,amante de sua cidade (Rio de Janeiro), muito bem casado, amante de novas Tecnologias, Música Eletrônica, Carros, Viajar, Cachorros e etc. Este site/blog é utilizado somente para compartilhar notícias, guardar soluções próprias, dicas e sem fins lucrativos... É utilizado como hobbie e para armazenar conhecimento.

Latest posts by Alexandre Queiroz (see all)